Programas abrem inscrições para financiamento e bolsas de estudo

As oportunidades são para o ensino superior com ingresso no segundo semestre

Para quem deseja começar o ensino superior privado ainda este ano, oportunidades não faltam: oFies– Fundo de Financiamento Estudantil abriu ontem (dia 16), as inscrições para 155 mil vagas e o Educa Mais Brasil está disponibilizando mais de 500 mil bolsas de estudo em todo o País.

Os estudantes interessados em uma das oportunidades devem ficar atentos ao cronograma e custo-benefício oferecido pelos programas. Ambos são dedicados a quem não possui condições de arcar com os custos dos estudos, mas há alguns diferenciais.

O Fies é um modelo de financiamento estudantil e podem recorrer a ele estudantes que fizeram oEnema partir da edição de 2010, obtiveram média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero), além disso, ainda é preciso atender aoscritérios socioeconômicos do Fies. Já para aderir ao Educa Mais Brasil, que é um programa de bolsas de estudo que oferece desconto nas mensalidades, não é necessário ter feito o Enem, comprovar renda ao programa, nem se preocupar com dívida estudantil ao final do curso.

Confira o cronograma:

Fies

Vagas: 155 mil para o segundo semestre;

Oportunidades: financiamento de 50% ou 100% do curso;

Inscrições de 16 a 22 de julho nosite oficial do Fies;

Resultado: 27 de julho;

Completar a inscrição: 27 a 31 de julho;

Lista de espera (modalidade Fies): 01 a 24 de agosto.

Educa Mais Brasil

Vagas: 500 mil para o segundo semestre;

Oportunidades: bolsas de estudo parciais de até 70% de desconto;

Inscrições até 30 de setembro na página doEduca Mais Brasil;

Resultado: de imediato, conforme a disponibilidade de vagas, por meio do Portal do Aluno no site do programa ou pela central de atendimento no 4007-2020 (Capitais e Regiões Metropolitanas) ou 0800 724 7202 (demais localidades), disponível também para WhatsApp.