Arquiteto Fabio Luís, diretor-presidente do Imam, na abertura da Semana do Meio Ambiente; no detalhe, o público presente – Fotos: Imam
Arquiteto Fabio Luís, diretor-presidente do Imam, na abertura da Semana do Meio Ambiente; no detalhe, o público presente – Fotos: Imam

A XVII Semana do Meio Ambiente e a XX Eco Dourados iniciadas nesta segunda-feira (02) seguem com extensa programação nesta terça-feira (03) e na quarta-feira (04). A ação desenvolvida pelo Imam (Instituto do Meio Ambiente) ocorre na Unigran, sob direcionamento da gestão Délia Razuk e objetiva o incentivo a práticas de proteção, conservação e promoção do meio ambiente.

Com o tema do evento é “Meio Ambiente, Urbanização e Sustentabilidade”, as atividades são desenvolvidas no bloco 10, da instituição. Nesta terça-feira (03), das 13h às 17h, acontecem minicursos e das 14h às 19h30, é realizada a Eco Dourados, espaço para exposição dos Projetos de Educação Ambiental das escolas do município e apresentação de trabalhos científicos.

Conforme a direção, o Eco Dourados contará com exposição do planetário digital da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), exposição de animais empalhados da PMA (Polícia Militar Ambiental) e uma palestra diferenciada com uma “árvore gigante”. A ação receberá visitas de alunos da rede municipal.

Para o período noturno, a programação conta com ministração de profissionais do assunto e debates. A partir de 19h30, acontece a palestra “Espaços verdes urbanos: desafios e perspectivas”, com a arquiteta e urbanista Eliane Guaraldo, doutora em Estruturas Ambientais Urbanas, professora da UFMS, diretora Cultural da ABAP e presidente da regional Centro-Oeste da SBAU.

Às 20h10, uma mesa redonda vai debater o tema “Espaços verdes urbanos: desafios e perspectivas”. Os palestrantes desta temática são Mário Cezar Tompes da Silva, doutor em Geografia Humana pela USP e professor na FCH/UFGD; Sandro Menezes Silva, doutor em Biologia Vegetal pela Unicamp e professor na FCBA/UFGD; Amilcar Araújo Carneiro Júnior, promotor de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Urbanismo da Comarca de Dourados e professor da Unigran e o diretor do Imam Dourados, Fábio Luís da Silva, arquiteto e urbanista. A mediadora será a doutora Eliane Guaraldo.

A programação na quarta-feira (04) segue com minicursos entre 13h e 17h. Já às 14h acontece a audiência pública ‘Plano Municipal de Arborização’. Simultaneamente, acontece plantio de mudas de árvores nativas e frutíferas.

A XVII Semana do Meio Ambiente e a XX Eco Dourados contam com realização da Prefeitura de Dourados e Imam, com a parceria da Unigran, UFGD, Uems, Fundo Municipal de Meio Ambiente, Hidrasol Aquecedor Solar e Vidraçaria Vera Glass. 

Troféu Marco Verde

A abertura do evento na noite desta segunda-feira premiou os vencedores do Troféu Marco Verde. O prêmio contempla instituições públicas ou privadas que tenham de destacado com trabalhos ou ações de preservação ambiental em 2016.

“É a manifestação do reconhecimento do poder público municipal de que a sociedade, os cidadãos e o poder público são partes na formação de um mundo ambientalmente sustentável e socialmente justo”, destaca Fábio Luís da Silva, diretor do Imam.

O curso de Gestão Ambiental da UFGD foi premiado com o Marco Verde. Ressaltou-se que todas as disciplinas do curso têm sido ministradas levando em consideração problemas ambientais locais em busca de apontar soluções. O destaque foi para a disciplina de Projeto Integrado desenvolvida dentro da abordagem em Sistema PDCA.

Sônia Vasconcelos, diretora-adjunta da escola municipal Neil Fioravanti – CAIC, também foi contemplada com o Marco Verde. A participação da profissional tendo em vista o envolvimento da comunidade do entorno da escola no movimento de preservação do córrego Paragem, bem como na implantação do parque linear ao entorno do córrego foi motivaram a homenagem.

Ela participou ainda das seguintes atividades: implantação do projeto escola sustentável e a instalação da estação de captação de água da chuva na escola; inserção de representação da Educação Básica no Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema; incentivo às ações em favor de um meio ambiente limpo e saudável; efetivação de ações da Comissão do Meio Ambiente e Qualidade de vida na escola e ainda buscou parcerias com Universidades e profissionais da área para capacitação e orientação dos profissionais da escola para uma efetiva Educação Ambiental na instituição.