A Prefeitura de Dourados, por meio do setor de fiscalização/pesquisas, do Procon, realizou nesta terça-feira (10) a primeira pesquisa de produtos de ceia de natal 2019. O levantamento envolveu 10 estabelecimentos comerciais do município.

Fazem parte da pesquisa panetones, carnes (aves, suína, bovina e peixes), frutas, enlatados e bebidas, num total de 40 itens.

Foram encontrados 13 produtos com diferença superior a 100% do estabelecimento com menor preço para o de maior preço.

Esta pesquisa apresentou alta de 6,8% no preço médio dos produtos encontrados em todos os estabelecimentos em relação à pesquisa publicada no dia 18 de dezembro de 2018.

Nos estabelecimentos onde foram encontrados todos os produtos da pesquisa a diferença verificada entre o com menor preço e o com maior preço foi de 47,1%.

Entre os produtos desta pesquisa as maiores diferenças constatadas entre o maior e o menor preço foram:

* Panetone da casa 500 gr, menor preço: 4,49, maior preço: 20,90; diferença: 365,48%;

* Nozes com casca 1 kg, menor preço: 27,69 maior preço: 142,79; diferença: 415,64%;

* Filtrado doce 660 ml, menor preço: 6,10, maior preço: 19,90; diferença: 226,23;

* Picanha 1 kg, menor preço: 28,99, maior preço: 60,99, diferença: 110,38%.

Veja aqui a pesquisa completa

O Procon orienta que o consumidor deve efetuar uma cuidadosa pesquisa de preços, avaliando sempre a relação preço x qualidade, ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação. Deve ser sempre considerado o custo benefício do deslocamento no caso de estabelecimentos que estão apresentando produtos mais baratos que o da sua região. Por fim, o consumidor deve sempre exigir a nota fiscal no ato da compra.

Para esclarecer dúvida ou fazer reclamação os telefones são 151 ou 3411-7754.

Deputado Zé Teixeira