Veículo recuperado, um Fiat/Uno Vivace – Divulgação PRF

Na madrugada deste domingo, 31 de dezembro, a Polícia Rodoviária Federal recuperou um veículo e prendeu um homem em Água Clara.

A equipe policial fiscalizava na BR-262 km 141, quando abordaram um Fiat/Uno Vivace com placa aparente de Contagem/MG, conduzido por um homem de 52 anos, com quatro passageiros: uma mulher de 34, duas crianças, uma de 9 e outra de 12 e um adolescente de 17 anos.

O motorista ficou bastante nervoso com a abordagem e apresentou uma CNH com suspeitas de inautenticidade. Após consulta aos sistemas da PRF, verificou-se que o condutor não possuía habilitação.

Questionado sobre o documento, o homem informou que o comprou em Campo Grande, no ano de 2015, e pagou a quantia de R$ 1.000,00 (mil reais). Segundo ele, a compra da CNH sem realizar os trâmites da legislação, foi por comodidade.

O veículo tinha características de clone e em verificação aos sinais identificadores, foi possível constatar inúmeras adulterações, não sendo possível identificar o automóvel original.

Sobre o veículo, ele declarou que desconhecia ser adulterado e clonado. O carro foi negociado com um casal de Campo Grande, em que trocou de uma GM/Blazer (1999) pelo Uno desta ocorrência.

O condutor foi preso em flagrante por uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo automotor sendo encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas. O automóvel foi entregue na Delegacia de Polícia Civil de Água Clara.