Jeep/Compass, placas de Belo Horizonte/MG, foi um do veículos recuperados – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou nesta sexta-feira, 06 em Miranda/MS e Corumbá/MS, dois veículos que seriam levados para a fronteira com a Bolívia.

Na primeira ocorrência, a equipe fiscalizava no km 602 da BR-262, quando abordou um Jeep/Compass, placas de Belo Horizonte/MG. O motorista, de 33 anos, apresentou o contrato de locação do veículo, porém demonstrou-se muito nervoso durante a abordagem.

Os agentes entraram em contato com a locadora, proprietária do carro, e foram informados de que o automóvel não deveria estar circulando na região do MS, e que o rastreador tinha sido danificado ou retirado, pois a última localização era de dias atrás. A empresa registrou um boletim de ocorrência de furto.

Diante dos fatos, o condutor confessou ter entrado em contato com uma pessoa em Corumbá e planejado que alugaria o veículo e o levaria até a fronteira. Ele disse que receberia R$ 8.000 (oito mil reais) pelo serviço.

O preso foi encaminhado à Polícia Civil em Miranda.

Já na segunda ocorrência, os agentes fiscalizavam no km 765 da BR-262, quando abordaram uma Chevrolet/S10, placas aparentes de Brasília/DF. O condutor, de 42 anos, disse ter comprado o automóvel recentemente.

Em análise aos elementos identificadores, constatou-se se tratar do veículo com placas originais de São Bernardo do Campo/SP, com registro de roubo desde janeiro de 2018.

O envolvido confessou ter pego a S10 em Campo Grande, e que receberia R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) para levar até Corumbá. Ele foi encaminhado à Polícia Federal em Corumbá.

Orteco