Nesta quarta-feira, 03 de outubro, a Polícia Rodoviária Federal recuperou dois veículos com registro de roubo/furto.

Um dos veículos recuperados, Toyota/Hilux CD4x4SRV – Divulgação/PRF

A primeira ocorrência foi no início da tarde, em Rio Brilhante. Durante fiscalização de rotina no km 314 da BR-163, foi dada ordem de parada a um veículo Toyota/Hilux SW4 com placas de Contagem/MG, o condutor não obedeceu à ordem e empreendeu fuga. Alguns quilômetros à frente, ele perdeu o controle do automóvel colidiu em um barranco e tentou fugir a pé, porém, foi preso pela equipe.

Os policiais constataram que a caminhonete tinha sinais de adulteração, com placas originais de Contagem/MG, onde possuía registro de roubo/furto.

O motorista, de 36 anos, declarou que pegou o veículo emprestado de um conhecido na cidade de Juatuba/MG e seguiria até Dourados para resolver honorários advocatícios. Alegou que fugiu porque desconfiava que o veículo fosse de origem ilícita.

Em checagem aos sistemas, foi constatado que ele possuía um mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça Federal de Mato Grosso do Sul.

O motorista foi preso em flagrante pelo crime de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo, dirigir veículo pondo em perigo a segurança alheia e cumprimento de mandado de prisão.

Ocorrência encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante.

O segundo veículo foi abordado na Unidade Operacional Capey, BR-463 km 68, em Ponta Porã. A equipe realizava fiscalização de rotina quando deram ordem a um Toyota/Hilux CD4x4SRV com placas aparentes de Beberibe/CE, conduzido por um homem de 61 anos. Ele apresentou os documentos pessoais e do veículo.

O CRLV apresentado tinha registro de roubo pelo Detran do município de Boa Viagem/CE, tratando-se portanto, de documento falsificado. Em verificação aos sinais identificadores do veículo constatou-se que era adulterado e as placas originais de Teresina/PI, com ocorrência de furto/roubo em 10/09/2018.

Perguntado, o motorista admitiu a prática delituosa e assumiu que pegou o veículo em Campinas/SP e pretendia leva-lo até Ponta Porã, onde receberia R$3.000,00 (três mil reais) pelo transporte. O motorista já havia sido preso pela PRF em outra ocasião.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado com a caminhonete para a Delegacia da Polícia Federal em Ponta Porã.

Orteco