PRF apreende veículos roubados, drogas e prende traficantes e batedores na BR-262

Drogas e 3 dos veículos apreendidos – Divulgação PRF

A Polícia Rodoviária Federal realizou três apreensões: drogas, 4 carros e prendeu 5 pessoas durante a madrugada desta sexta-feira (29 de dezembro), em um intervalo de apenas 7 horas, em Água Clara.

No início da madrugada, por volta de 01h30, na Unidade Operacional da PRF em Água Clara, na BR-262, um homem foi preso após serem encontrados tabletes de droga em fundos falsos.

Policiais rodoviários federais suspeitaram do motorista, de 33 anos, que conduzia um veículo VW/Gol, com placa de Campo Grande. Durante fiscalização do veículo foram encontrados diversos tabletes de maconha ocultos nos encostos dos bancos dianteiros, porta malas e estofado do veículo.

Ao todo foram apreendidos 45 kg (quarenta e cinco quilogramas) de maconha. O motorista foi preso, e encaminhado para a Polícia Civil de Água Clara. Aos policiais o preso declarou que o veículo foi locado e carregado com a droga em Campo Grande para ser entregue em Três Lagoas.

Às 03h30, agentes da Polícia Rodoviária Federal recuperaram um Renalt/Logan e prendeu um casal em um Honda/Civic, que fazia serviço de ‘batedor’ para passagem do veículo adulterado.

Policiais abordaram primeiramente o veículo Honda/Civic, com placa de Chapadão do Sul, ocupados por um casal, motorista de 20 anos e passageira de 24 anos. Durante a abordagem o casal demonstrou informações contraditórias que levantaram suspeitas.

Um veículo Logan, com placas aparentes de Campo Grande, que vinha logo atrás, foi abordado pelos policiais, mas desobedeceu e empreendeu fuga. O veículo foi acompanhado pela PRF e após alguns um quilômetro seu motorista o abandonou e fugiu em uma mata. O veículo estava com placas clonadas; a placa original é de Belo Horizonte/MG e não possui registro de roubo ou furto.

O motorista do Logan não foi localizado. Fotos do veículo Logan com sua placa original estavam com os ocupantes do primeiro veículo abordado (Civic) e o casal acabou confessando que, para a passagem do Logan, faziam o serviço de “batedor”.

Os Honda/Civic e o Renalt/Logan foram apreendidos; o casal foi preso. O motorista do Logan não foi encontrado. Todos foram encaminhados para a Polícia Civil de Água Clara e será investigada a razão do Logan estar transitando com as placas clonadas.

Às 8h desta sexta-feira, 29, outra apreensão de drogas foi realizada na mesma Unidade Operacional, em Água Clara.

Um veículo VW/Gol, com placa de Campo Grande, foi abordado ocupado por duas mulheres de 29 e 41 anos. As mulheres levantaram suspeitas dos policiais ao mencionar motivos da viagem.

Um fiscalização detalhada no veículo revelou que drogas estavam sendo transportadas no painel, no para-choque, na lataria do veículo e até no colo da passageira, de 29 anos.

Ao todo foram apreendidos 9,3 kg (nove quilos e trezentos gramas) de maconha. As mulheres foram presas pelo tráfico e encaminhadas com o veículo à Polícia Civil de Água Clara e autuadas em flagrante pelo tráfico e associação ao tráfico.