Foram apreendidos 3 mil aparelhos celulares, 600 pacotes de essência de narguile, 10 unidades de eletrônicos, 10 fardos de brinquedos e 30 fardos de vestuários – Divulgação PRF
Foram apreendidos 3 mil aparelhos celulares, 600 pacotes de essência de narguile, 10 unidades de eletrônicos, 10 fardos de brinquedos e 30 fardos de vestuários – Divulgação PRF

Motorista ofereceu dinheiro aos policiais e foi preso por corrupção ativa e descaminho

Na madrugada desta sexta-feira (13), a Polícia Rodoviária (PRF), apreendeu celulares, eletrônicos, brinquedos, vestuários e pacotes de essência para narguile. Um homem foi preso.

No km 144 da BR- 262, em Água Clara, os policiais rodoviários federais deram ordem de parada a um veículo M. Benz/L com placas de São Paulo/SP, conduzido por um homem, de 38 anos, em companhia do passageiro, de 42 anos.

No compartimento de carga do caminhão atrás de caixas, móveis velhos e colchões, os policiais encontraram 3 mil aparelhos celulares, 600 (seiscentos) pacotes de essência de narguile, 10 (dez) unidades de eletrônicos, sendo impressoras, notebook, video game, 10 (dez) fardos de brinquedos e 30 (trinta) fardos de vestuários sem nenhuma documentação.

O motorista ofereceu R$13.500,00 (treze mil e quinhentos reais) para os agentes da (PRF) não efetuarem a apreensão do veículo, e da carga ilícita. Em razão disso lhe foi dada a voz de prisão por corrupção ativa e descaminho.

O mesmo declarou ter deixado o caminhão para ser carregado em Campo Grande, levaria até São Paulo/SP, e lá receberia pelo transporte.

O caminhão, juntamente com os produtos descaminhados do Paraguai, foram encaminhados para a Receita Federal de Três Lagoas. O motorista e o passageiro foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas.