Cocaína apreendida pesou 940 gramas – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no final da tarde desta terça-feira, 18 de dezembro, 940g de pasta base de cocaína.

Durante fiscalização, no Km 600, da BR-262, em Miranda, foi dada ordem de parada uma Van Renault Master com placas de Corumbá. O motorista disse ter sido contratado por uma das passageiras do veículo para transportar dez pessoas de Corumbá para Campo Grande.

Quando os agentes pediram a documentação dos passageiros, um deles, homem, de 21 anos apresentou apenas a carteira de trabalho e disse que havia perdido os outros documentos há mais de um ano e não se interessou em fazer o boletim de ocorrência para informar o extravio.

Ao ser perguntado por que não fez o boletim de ocorrência, o passageiro se mostrou muito nervoso e apresentou informações desconexas sobre sua viagem, profissão e quantidade de dias que estava em Corumbá. Diante da atitude suspeita os polícias fizeram uma revista nos pertences do passageiro, mas não encontraram nada. Porém ao pedirem para levantar a camisa foi verificado que ele usava um “espartilho” com o intuito de esconder a droga que levava junto ao corpo.

Quando o espartilho foi retirado de seu corpo os policiais encontraram quatro volumes envoltos em fita plástica com substância análoga a pasta base de cocaína, totalizando 940g (novecentos e quarenta gramas).

Ao ser perguntado onde pegou a droga o passageiro disse que tinha recebido de um homem em Corumbá e levaria para outro homem em Campo Grande, que foi quem o contratou, e receberia R$ 500,00 reais para realizar o transporte.

O preso, que já possui passagem por tráfico de drogas em 2017, foi encaminhado juntamente com a droga para a Delegacia de Polícia Civil de Miranda.