Cocaína foi encontrada na ‘cozinha’ do reboque, nas laterais e teto da cabine da carreta – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde desta quarta-feira, 05 de dezembro, em Dourados/MS, 220 kg de cocaína escondidos em fundos falsos de uma carreta carregada com milho.

Durante fiscalizações na Unidade Operacional de Dourados, no km 267 da BR 163, foi abordado um Volvo/FH12 atrelado a um semi-reboque, todos com placas de Alto Piquiri/PR. O motorista, um homem de 32 anos, demonstrando nervosismo à equipe, apresentou nota fiscal da carga e disse estar transportando grãos de milho.

A equipe policial decidiu realizar uma vistoria minuciosa e obtiveram êxito, encontrando fundos falsos no compartimento de ‘cozinha’ do reboque, nas laterais e teto da cabine. Dentro dos compartimentos, foram descobertos vários tabletes, totalizando 220 kg (duzentos e vinte quilos) de cocaína. A droga, vendida nos grandes centros, alcança um preço médio de R$ 30 mil o quilo, dando um prejuízo de mais de R$ 6 milhões ao narcotráfico.

O condutor declarou ter pego o caminhão-trator na residência de uma moradora de Ponta Porã e foi até um posto de combustíveis da cidade para pegar a carga, porém negou saber da existência do ilícito no automóvel. Ele confessou ainda ter sido preso em 2016 por tráfico de drogas, no Rio de Janeiro, quando transportava 2 toneladas de maconha.

O preso, juntamente com o veículo e a droga, foi encaminhado à Polícia Federal de Dourados.