O município de Três Lagoas acaba de ser presenteado com o Teatro José Paulo Rímoli, localizado no Novo Sesi, um espaço de 1,5 mil m² que coloca a cidade no circuito artístico nacional e oportuniza ao público três-lagoense a possibilidade de receber grandes nomes da música e teatro. Com capacidade de 346 lugares, convidados do presidente da Fiems, Sérgio Longen, lotaram o auditório, na noite desta sexta-feira (15/12), para assistir ao show de Daniel Boaventura, consagrado nos palcos pela voz possante, carisma e presença em cena.

O teatro, inaugurado em novembro do ano passado, antes restringia-se a sediar eventos do Sistema Fiems, porém, foi totalmente repaginado, e recebeu equipamentos de ponta de sonorização e cenografia, uma estrutura inédita em Três Lagoas. “O Novo Sesi, que foi inaugurado em novembro do ano passado, foi construído pensando no futuro. Um espaço que, além de empresarial, conta com este teatro, que se tornou também um espaço cultural, uma nova opção de lazer que oferece o que há de mais de moderno para Três Lagoas. A estrutura de ponta permite, inclusive, transforma-lo em um cinema. É a prova de o Sistema Indústria está pronto para atender às demandas da indústria de Três Lagoas, mas também ao desenvolvimento da cidade nas mais diversas áreas”, declarou Longen.

Do palco, Daniel Boaventura contou ter feito um breve passeio e elogiou a infraestrutura da cidade, bem como do teatro onde o show foi realizado. “O maior presente do artista é ter um público como vocês. Saio daqui extremamente feliz e realizado”, celebrou.

Atrações à parte, o evento de inauguração contou com autoridades, jornalistas e personalidades da sociedade três-lagoense, e agradou ao público de todas as idades. Empresário que atua em Três Lagoas há quase 60 anos, no segmento gráfico, José Paulo Rímoli foi escolhido para dar nome ao teatro em razão dos serviços prestados ao município. Foi ele quem trouxe, por exemplo, as primeiras unidades do Senai, entre outros feitos. “Me dá uma alegria imensa ter meu nome lembrado para batizar este teatro moderno e que tanto fará por Três Lagoas. Para mim, pelo menos, é inédito um espaço que leva o nome de alguém vivo, e me sinto muito honrado por isso”, disse.

O empresário foi homenageado por Longen antes do início do show, e o público presente pôde conhecer um pouco da trajetória de Rímoli em Três Lagoas. “É uma singela homenagem a você, meu amigo, e toda sua família. Um exemplo de pioneiro que, lá em 1962 teve a visão de investir na cidade que hoje é o maior PIB industrial do Estado”, declarou o presidente da Fiems.

O teatro

O Teatro José Paulo Rímoli conta com um espaço de 1,5 mil m² de área construída e uma capacidade de 346 pessoas. Os degraus das escadas da plateia são dotados de balizadores em LED com luz dimerizável, ou seja, que vai diminuindo de intensidade, dando maior segurança e conforto ao público. E a iluminação ambiente é 100% em LED.

Seus camarins são ambientes decorados e dotados de todo o conforto que o artista precisa, com mobiliários como estantes com lâmpadas em LED e espelhos, araras, cadeiras, poltronas, espelhos para corpo inteiro, mesa e ferro de passar. A caixa cênica possui um palco italiano com 184m² todo em madeira tauari, desenvolvido com um sistema de amortecimento que alivia o impacto dos pés dos bailarinos com o solo. O espaço ainda conta com sistema de quarteladas e dois monta cargas e manta linóleo na cor preta e cinza.

O som

O teatro será dotado de um sistema de som ambiente onde possibilitará ao público aguardar o espetáculo ouvindo uma boa música ou ainda servir de utilitário ágil e funcional de comunicação instantânea, no foyer. Outro recurso oferecido é o de tradução simultânea.

O sistema de sonorização é de altíssima qualidade, com caixas acústicas de controle digital, proporcionando uma sonoridade linear para a plateia. Os ajustes eletroacústicos são equalizados digitalmente, fornecendo um balanceamento para os diversos tipos de eventos.

As projeções de vídeo são de alta resolução e, acopladas ao sistema de som de alta qualidade, torna a sala um espaço único para eventos de vídeo musicais. Como sala multiuso, além do sistema de projeção que atende os eventos com palestras e vídeos institucionais, o sistema possibilita a captação de imagens do palco, para transmitir no próprio teatro, ou operar via streaming para transmissões ao vivo pela internet.