Presidente da Fiems entrega mochilas a alunos e docentes da Escola do Sesi de Dourados

Dando continuidade à entrega de três mil mochilas personalizadas com a logomarca da entidade para os alunos da Rede Sesi de Educação em Mato Grosso do Sul, foi realizada, nesta sexta-feira (07/07), a entrega de 725 unidades para alunos e professores da Escola do Sesi de Dourados. A ação já foi promovida nos municípios de Três Lagoas, Campo Grande e Corumbá e, após Dourados, passará pelas escolas do Sesi de Aparecida do Taboado, Maracaju e Naviraí.

Segundo o presidente do Sistema Fiems, Sérgio Longen, a entrega das mochilas é um gesto simples, que reforça a preocupação da instituição de investir em educação. “Nós precisamos de um Brasil bem-educado e nós, da indústria, temos o compromisso de dar a nossa contribuição. Além disso, fazemos questão desse contato ‘olho no olho’, a fim de avaliar as condições do ambiente escolar”, pontuou.

Na oportunidade, o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, afirmou que as mochilas são mais do que simples recipientes para guardar material escolar. “Trata-se de um simbolismo para reforçar que o Sesi tem máxima preocupação com os alunos, além do que é oferecido hoje em outras escolas. Nossa preocupação é formar um aluno mais crítico, analítico, sintonizado com o universo da indústria, fazendo uso de recursos tecnológicos e inovadores. O ato simbólico de entrega das mochilas representa o compromisso que nós temos com os nossos alunos”, reforçou.

Sidnei Pitteri Camacho, vice-presidente regional da Fiems, classifica a entrega das mochilas como um incentivo para os alunos. “Eles se apegam a simbolismos como esse, se sentem valorizados. E ao inserir no contexto a estrutura oferecida pelo Sesi, a qualidade didática e metodológica da escola, eles se sentem ainda mais orgulhosos e motivados. Além disso, esse sentimento se irradia, alcança outras pessoas, criando toda uma atmosfera positiva”, avaliou.

Reconhecimento

Com base na dedicação e boas notas durante o ano letivo, um representante de cada série foi escolhido para receber a mochila verde durante a cerimônia, e, pelo reconhecimento, os alunos sentiram-se estimulados a estudar mais. “Fiquei feliz e lisonjeado pelo reconhecimento. Sei que me dediquei, mas sei também que posso me esforçar ainda mais, e a mochila veio como uma espécie de estímulo para isso”, declarou Yan Erick da Silva Correa, aluno da 1ª série do Ensino Médio.

Já Maria Eduarda Nascimento de Lima, aluna do 6º ano do Ensino Fundamental, disse que a mochila é muito bonita e que vai usá-la para carregar os materiais da escola, especialmente os de desenho e balé, que são suas atividades preferidas. A professora Andressa Meiriellen, que recebeu a mochila na versão azul representando os colegas docentes, também elogiou a iniciativa do Sesi. “A gente se sente valorizado. E tem também o fato de virmos para a escola com um material igual ao dos alunos. Isso nos aproxima, é muito bacana”, avaliou.