Prédio está pronto e Policlínica de Atendimento Infantil será inaugurada nesta quarta-feira – Foto: A. Frota
Prédio está pronto e Policlínica de Atendimento Infantil será inaugurada nesta quarta-feira – Foto: A. Frota

A Policlínica de Atendimento Infantil Flamarion Capilé, empreendimento que ficou conhecido como PAI será inaugurado na quarta-feira

A Prefeitura de Dourados inaugura na próxima quarta-feira, 24, a Policlínica de Atendimento Infantil Flamarion Capilé, empreendimento que ficou conhecido como PAI, localizado na rua Frei Antônio esquina com a Coronel Ponciano, anexo à UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Em fevereiro, a prefeita Délia Razuk visitou empreendimentos públicos e anunciou que dentro de dois meses entregaria a policlínica para a população e o compromisso assumido será cumprido nesta semana. “Dourados terá uma unidade de saúde exclusiva para o atendimento às crianças e adolescentes, de forma integral. Isto vem reforçar as ações já realizadas pelas unidades básicas e estende os serviços ambulatoriais para a área infantil, ampliando a cobertura na área de saúde pública”, disse a prefeita Délia Razuk.

A Policlínica Flamarion Capilé é exclusiva para atendimento às crianças e adolescentes de forma integral e com qualidade e visa atendimento a mais de 47 mil pessoas com idade entre 0 e 15 anos moradoras em Dourados, segundo o Censo 2016.

Serão oferecidas consultas médicas especializadas com equipe multiprofissional, odontologia, fisioterapia, saúde mental e também os serviços de enfermagem, vacinação e distribuição de medicamentos e ainda um espaço para recreação com as crianças.

O secretário de Saúde, Renato Vidigal, explicou o caráter articulado da PAI com a atenção básica, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e unidades hospitalares, construindo fluxos coerentes e efetivos de referência e contra referência.

“Trata-se de uma unidade de saúde de complexidade intermediária entre unidades básicas de saúde e a rede hospitalar, compondo, assim, uma rede organizada de atenção à saúde que contará com uma equipe multidisciplinar”, disse.

A obra é uma idealização de Délia Razuk e fruto de ação iniciada ainda no mandato como prefeita interina, em 2010, quando foi inserida a proposta de convênio para a construção da unidade, com recursos federais do Ministério da Saúde, garantidos por Marçal Filho, quando foi deputado federal. O valor total da obra é de R$ 1.621.313,91 com contrapartida da Prefeitura de Dourados.

A obra está pronta desde 2013 e a administração passada cogitou em implantar o serviço várias vezes, mas a prefeita Délia tomou a iniciativa de ativar a unidade. Há dois meses iniciaram as tratativas para compra de mobílias para equipar o local e o estudo para ativação dos serviços com pessoal.

A policlínica tem uma área total de 1.039 metros quadrados e há na estrutura uma sala de setor de regulação e espera e sala de apoio ao diagnóstico, setor ambulatorial, setor de apoio técnico e logístico, setor de reabilitação, setor de administração, abrigo de resíduos sólidos e estacionamento para funcionários e público.

Flamarion Capilé

O nome para a policlínica homenageia uma das pessoas que mais contribuíram com o cuidado às crianças em Dourados: Flamarion Capilé. Falecido em 2010, o esposo de dona Josephina Capilé, fundou junto com ela a creche André Luiz, uma das mais importantes instituições de ensino infantil de Dourados, inaugurada na década de 70.

Durante três décadas o casal se dedicou ao cuidado de milhares de crianças douradenses e hoje a creche é responsável pelos cuidados a mais de 190 crianças de 0 a 5 anos.