Já estão no local tubos para obra que irá resolver problema de inundação no início da rua Monte Alegre com avenida Guaicurus – Foto: A. Frota

A Prefeitura de Dourados está investindo cerca de R$ 800 mil em serviços de drenagem que visam a minimizar os riscos a que estão expostas as populações, diminuindo os prejuízos causados pelas inundações e possibilitando o desenvolvimento urbano de forma harmônica, articulada e ambientalmente sustentável em diferentes pontos da cidade.

De acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Tahan Sales Mustafa, estão sendo realizadas intervenções, a partir de ordens de serviço expedidas para melhorar as condições de vida dos moradores das regiões do Jardim Universitário e Aydê, e ainda nos trechos da rua Monte Alegre com a avenida Guaicurus e Mato Grosso com a rua Pureza Carneiro Alves.

“São ações que a população esperava há muito tempo, mas que são reclamadas com mais intensidade, principalmente com o período prolongado de chuvas”, observa o secretário. Essas áreas que são atendidas agora, de acordo com Tahan, foram diagnosticadas a partir das visitas realizadas pela prefeita Délia Razuk, ouvindo moradores e constatando a real necessidade do serviço.

Na região do Jardim Universitário, por exemplo, serão implantadas caixas dissipadoras, tubulação necessária para conter a velocidade das águas, e que costumam provocar fortes pontos de erosão. No Jardim Aydê, uma torre a serviço da Energisa provocou a erosão na rua e formação de crateras que acarretam inundações em residências próximas.

Outras ações em andamento vão contemplar o final da rua Mato Grosso, no encontro com a Pureza Carneiro Alves, no Jardim Água Boa, onde a força das águas tem ocasionado inundações em residências, mesmo problema enfrentado há mais de oito anos pelos comerciantes e residências situadas na confluência da rua Monte Alegre com a avenida Guaicurus, que recebem a água das chuvas das ruas que cortam a vila Alvorada.

Pontes

Também já estão homologados os resultados dos certames licitatórios para a construção de duas pontes de concreto sobre o leito dos córregos Laranja Doce e Curral de Arame, onde a Prefeitura vai aplicar mais de R$ 860 mil, com o aproveitamento de repasses do Fundersul para revitalização da área urbana.

Essas duas obras de substituição da estrutura ultrapassada de madeira que servia a região serão iniciadas assim que forem assinados os contratos com a A&A Construtora e Incorporadora, no valor de R$ 490.525,96 e com a WSL Construções, de R$ 375.800,95, anunciou o secretário Tahan Mustafa.