Prefeitura de Dourados inicia distribuição de kits escolares

Alunos receberam kits da secretária Denize Portalann e elogiaram material entregue pelo município - Foto: A. Frota
Alunos receberam kits da secretária Denize Portalann e elogiaram material entregue pelo município – Foto: A. Frota

No sábado, em Macaúba, alunos da escola local foram os primeiros a receber o material; nesta segunda foi a vez dos alunos da região do Parque das Nações

A Prefeitura de Dourados iniciou na manhã desta segunda-feira, por meio da Secretaria de Educação, a entrega dos kits escolares nas escolas que compõem a Rede Municipal de Ensino. Serão contempladas com a entrega todas as 33 unidades e Centros de Educação Infantil. Os kits são para pré-escola, séries do 1° ao 5° anos, do 6° ao 9° e para alunos do projeto EJA (Ensino para Jovens e Adultos).

As primeiras unidades a receber os materiais foram as localizadas na região do Parque das Nações. Na escola Etalívio Penzo, representando a prefeita Délia Razuk, a secretária Denize Portolann acompanhou a entrega do material às crianças. Segundo ela, a administração se esforçou para que a entrega iniciasse o quanto antes, no entanto, além do período de adaptação entre um mandato e outro, alguns problemas com o envio dos materiais foram identificados e precisaram de correção.

“Materiais que não correspondiam com o que era para ser entregue foram enviados pelo fornecedor e tivemos que retornar com a empresa para fazer a correção. Foram questões burocráticas que atrapalharam”, explicou.

Segundo a diretora da escola, Creuza Ribeiro Nascimento, a entrega do kit é fundamental para o amparo aos alunos. “Muitos, principalmente nas séries iniciais, vêm para os primeiros dias de aula sem material. Este kit contribui sobremaneira, porque muitos não têm condição de comprar”, disse.

Segundo ela, o atraso na entrega não foi muito sentido na escola que dirige porque o planejamento da direção contemplou alunos com os kits que sobraram de 2016. “Foi a saída que encontramos porque sabemos que é normal que licitações demoram, ainda mais entre um governo e outro”.

Somente na Etalívio Penzo foram entregues 75 kits Educação Infantil, 362 para Séries Iniciais (1° ao 5° anos), 208 para Séries Finais (6° ao 9° anos) e 218 para o EJA. São três os tipos de kit. O Educação Infantil tem um caderno, 4 lápis preto, 1 caixa de lápis de cor, 3 borrachas, um apontador com depósito, uma cola e uma caixa de massa de modelar. O Séries Iniciais contém 3 cadernos, 4 lápis preto, uma caixa de lápis de cor, 3 borrachas, apontador, cola e régua. No Séries Finais são 2 cadernos universitários 10 matérias, 3 lápis preto e 3 canetas esferográficas, 2 borrachas e um apontador.

Alguns alunos das séries finais perceberam a qualidade do material entregue este ano e elogiaram a preocupação com a questão. “Demorou um pouco, mas é bem melhor que o anterior”, disse um dos adolescentes. Na ação Bairro a Bairro, ocorrida no sábado passado em Macaúba, os kits foram entregues na escola local e a comunidade escolar também elogiou.

A entrega dos uniformes, segundo a secretária, não ocorre junto com o kit porque a empresa licitada pediu o prazo de mais alguns dias para entregar as peças à Secretaria de Educação. Segundo a secretária Denize, que assumiu a pasta quando estas licitações estavam em andamento, ajustes foram feitos e ocorreu certa demora.

Denize deixou claro que a meta da prefeita Délia Razuk é aplicar em 2018 a lei que regulamenta o fornecimento de um cartão magnético para que a aquisição do material escolar seja feita pelos próprios pais no comércio de Dourados. A lei aprovada em 2015 entraria em vigor este ano, mas um entendimento entre Prefeitura de Dourados e Câmara de Vereadores prorrogou para 2018 a inserção do mecanismo.

“Todos os esforços caminham para isto. Ação que melhoraria não só a condição dos pais e alunos para a aquisição do material, como manteria em nosso comércio a aplicação dos recursos”, finalizou.