Prefeitura dá início ao patrolamento pelas comunidades Ouro Fino e Vitória

Próxima área a ser atendida é a do Santa Fé, segundo o diretor-presidente da Agehab, Diego Zanoni

Maquinário trabalhou durante o dia para devolver a qualidade de vida para os moradores da região – Assecom

A Prefeitura de Dourados deu início ao serviço de patrolamento nos assentamentos que são acompanhados pela Agehab (Agencia de Habitação) em parceria com a Semop (Secretaria Municipal de Obras Públicas). Os primeiros a receberem o maquinário foram as comunidades Ouro Fino e Vitória. Além de melhorar a passagem dos carros, foram construídas caixas para contenção d’água, o que evita alagamentos.

O diretor-presidente da Agehab, Diego Zanoni, explica que essa é uma solicitação antiga das comunidades. Juntos, os assentamentos possuem 230 famílias, no Ouro Fino, moram 75 famílias, e no Vitória, 155. As ações melhoram o acesso dos moradores, e de serviços essenciais, até as residências.

“Esses são assentamentos que já eram acompanhados pela Agência de Habitação. Nós demos início ao patrolamento para melhorar a qualidade de vida dessas famílias. Foi construído uma calha para o escoamento da água o que reduz os riscos de alagamentos e mantém a qualidade do serviço por mais tempo”, pontuou.

Zanoni destacou que neste primeiro momento as comunidades cadastradas pela Agência serão contempladas. Nesta parceria, o serviço de patrolamento cobre toda a extensão das vias existentes nas localidades.

“Existem outros assentamentos que serão contemplados. Após as ações no Ouro Fino e no Vitória, vamos levar o maquinário para a comunidade Santa Fé”, frisou.

Para os moradores

Um dos pontos sensíveis para a comunidade estava na dificuldade de acesso, que, devido a um longo período sem manutenção criou buracos e desnivelou as vias. O presidente da comunidade Ouro Fino, Eder da Cunha, apontou que além do acesso aos moradores, o benefício está também no recebimento de serviços públicos, como o acesso aos serviços de saúde, escolar e até mesmo ao abastecimento de água.

“Na comunidade nós temos crianças, gestantes e, como nem todo mundo tem carro, nós precisamos desse auxílio quando alguém passa mal. Existem pontos em que o acesso é tão ruim, que nem mesmo a ambulância do SAMU consegue entrar. Essa melhora traz mais tranquilidade para quem mora por aqui”, ressalta.

Já o presidente da comunidade Vitória, Diego Alves, ressaltou que as obras contemplam os acessos e não apenas as ruas principais. “Além de melhorar a estrutura das ruas, eles têm patrolado as curvas e as vias que fazem esse cruzamento. Isso garante que toda a comunidade circule com tranquilidade, sabendo que toda a região foi contemplada”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.