Em reunião com a superintendência do MTE, a prefeita Délia encaminhou parceria para que serviços ao trabalhador sejam retomados - Foto: A. Frota
Em reunião com a superintendência do MTE, a prefeita Délia encaminhou parceria para que serviços ao trabalhador sejam retomados – Foto: A. Frota

Serviços já prestados pela Agência serão potencializados, bem como os serviços da Casa do Trabalhador, como o Balcão de Empregos, serão transferidos para a unidade

A prefeita Délia Razuk recebeu na manhã desta sexta-feira (7) o superintendente do Ministério do Trabalho, Vladimir Benedito Struck, para tratar sobre parceria que visa retomar o atendimento aos trabalhadores do município, no âmbito da Casa do Trabalhador, desativada recentemente.

Um termo de cooperação foi proposto pelo superintendente e a prefeita Délia determinou que sejam encaminhados os ajustes para que o Ministério do Trabalho e Emprego em Dourados, juntamente com a Prefeitura de Dourados, retome atendimentos e potencialize os serviços já prestados pela gerência, localizada na rua Ponta Porã.

“Temos que dar uma resposta ao trabalhador de nossa cidade que ficou sem o atendimento recentemente. Temos trabalhado para sanar as demandas e esta é mais uma das intervenções que a Prefeitura fará, com parcerias sérias e promissoras como a proposta pela superintendência”, disse.

Segundo Vladimir Struck, Dourados tem uma demanda de atendimento grande e, com a paralisação das atividades da Casa do Trabalhador, a população ficou penalizada. Assim, a gerência do MTE na cidade propõe que os três servidores efetivos que atuavam na Casa do Trabalhador sejam cedidos, bem como seja estabelecido um link de internet mais potente para a realização dos registros de Carteiras de Trabalho. “Agradeço desde já a recepção da prefeita para tratarmos deste assunto. Gostaríamos muito de dar esta resposta à população e contar com o apoio da Prefeitura de Dourados que em nada tem a ver com o fechamento da Casa do Trabalhador”, disse.

Segundo Vladimir, com a parceria, os serviços já prestados pela Agência, como a emissão de Carteiras de Trabalho, seguro desemprego e rescisões contratuais serão potencializados, bem como os serviços da Casa do Trabalhador, como o Balcão de Empregos, serão transferidos para a unidade.

“Infelizmente os atendimentos pararam, mas a Prefeitura está disposta a ajudar nesta empreitada, sendo parceira da Agência, com a melhoria do serviço”, acrescentou o superintendente.

A prefeita Délia ressaltou que o foco da administração está em resolver os problemas para que a população não seja prejudicada. “Vamos utilizar a estrutura que temos e buscar a solução, sempre. Enquanto as dificuldades aparecem e pessoas param, nós corremos atrás”, acrescentou a prefeita.

Feira do Trabalho

Ainda dentro da proposta de atuação conjunta, a superintendência apresentou os resultados das edições da Feira do Trabalhador, ocorridas em Campo Grande, e a possibilidade de que ocorra em Dourados, no fim do segundo semestre. “Devido ao sucesso na Capital, é uma proposta bacana para oferecer serviços dos mais variados à população da segunda maior cidade de MS”, disse Vladimir.

A prefeita Délia determinou que a Secretaria de Desenvolvimento busque meios para que a Feira acontece em Dourados também, com a busca de parcerias que deram muito certo nas edições em Campo Grande. “É uma excelente proposta, uma excelente oportunidade de movimentar a sociedade, com atrações saudáveis e o mais importante, gratuitamente”, disse a prefeita.

Ainda participaram da reunião, integrantes do Ministério Público do Trabalho, os vereadores Alan Guedes, Braz Melo e Romualdo Ramin, além do vice-prefeito Marisvaldo Zeuli e da secretária de Desenvolvimento Sustentável, Rose Ane Vieira.