Polícia estoura laboratório para refino de drogas na região do Canaã I, em Dourados

Drogas, armas e munições apreendidos na operação – Divulgação/3º BPM

Em uma ação coordenada pelo SIG(Setor de Investigações Gerais), policiais civis de Dourados cumpriram na manhã desta sexta-feira, 7, seis mandados de busca e apreensão em Dourados, e outro no município de Douradina em ação contra o tráfico de entorpecentes. A operação, denominada ‘Terra Prometida’, nome alusivo à região do ‘Canaã I’, local em que a operação foi realizada, visa também desvendar crimes como roubos e furtos registrados nos últimos dias na cidade.

Um laboratório para o preparo de drogas foi estourado, onde foi apreendido armas, munições, dinheiro e muitas drogas. Materiais químicos, balança de precisão, e vários outros materiais foram apreendidos no laboratório, usado para ‘batizar’ a droga.

Uma mulher, Luzinete S.L., foi presa. Além de Luzinete foi preso Roberto R.S., indivíduo que armazenava em sua casa parte da droga produzida no laboratório. Sobre o mandado de busca cumprido em Douradina, foi preso Diaulas R.L., em razão de ele possuir armazenado na pizzaria de sua propriedade, local onde também residia, três armas de fogo, e muitas munições calibre .40, 9mm, .380, .38 e uma munição para fuzil calibre 7.62.

As investigações demonstraram que Diaulas vendia armas e munições em Dourados e Douradina. Já em outra residência, ao ser cumprido o mandado, foi apreendido um revólver calibre 38 e munições calibre 45. Por fim, ao ser realizada vistoria em um imóvel, foi apreendida mais uma arma de fogo. Chamou atenção no local o fato de ter sido encontrado um artefato, uma espécie de estilingue de longo alcance, voltado, tal como convergem os indícios, a lançar objetos sobre os muros de unidades penitenciárias.

As buscas visando a detecção de drogas foram realizadas com o apoio do Canil da Polícia Militar.