Os projetos foram apresentados e aprovados na sessão ordinária – Foto: Thiago Morais

Durante a 24ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Dourados, realizada nesta segunda-feira (30), foi votado e aprovado o Projeto de Lei Complementar nº 013/2018 (008), que dispõe sobre o Plano Municipal de Mobilidade Urbana.

O projeto, votado em 1ª discussão, de autoria do Poder Executivo, institui sobre a Política de Mobilidade Urbana, o Sistema de Mobilidade Urbana de Dourados, consagrando o Plano Diretor de Mobilidade Urbana, que garante a otimização dos meio utilizados pela população para locomoção nas cidades.

De acordo com a arquiteta da Prefeitura de Dourados, Ana Rose Vieira, que participou de uma reunião com os vereadores nesta segunda-feira, no plenarinho, a mobilidade urbana está conectada a organização territorial, ao transporte coletivo e de mercadorias e aos meios de transporte utilizados, sendo uns dos principais desafios da gestão de cidades, devido ao crescimento populacional.

Ela ainda apontou que o projeto trata das diretrizes, estratégias, linhas de ação, projetos, programas e estabelece metas para o atendimento das necessidades de deslocamento no espaço urbano, tendo o pedestre como prioridade.

A presidente da Casa de Leis, Daniela Hall (PSD), apontou que os vereadores têm discutido o projeto, buscando sanar todas as dúvidas e priorizar o bem-estar da população. “Acreditamos que o plano diretor é muito importante para o município, pois ele melhorará a vida de todos que precisam se locomover pela cidade, tanto pedestres quanto condutores de carros e motos”, comentou.

Em segunda discussão e votação, foram aprovados quatro projetos. De autoria do vereador Braz Melo (PSC) e outros, foram aprovados os projetos de Lei nº 007, 009 e 011/2018, que denominam as ruas Consagradas nos distritos de Itahum, Vila Formosa e em Dourados.

Do vereador Cirilo Ramão (MDB), foi aprovado o Projeto de Lei nº 062/2018, que denomina como Rua Francisca Trindade Braga a Rua D, do Residencial Ildefonso Pedroso.

Em única discussão e votação, foi aprovado o Projeto de Decreto Legislativo nº 011/2018, do vereador Idenor Machado (PSDB), que concede Título de Cidadão Benemérito ao padre Alex Gonçalves Dias.

Prefeitura de Maracaju_Combate à dengue