Plano de Saneamento é apresentado e Prefeitura destaca “avanços”

Audiência pública no auditório da prefeitura contou com grande participação da sociedade, na manhã desta terça – Foto: A. Frota

O Plano Municipal de Saneamento Básico de Dourados foi apresentado na manhã desta terça-feira (29), em audiência pública, no auditório da Prefeitura de Dourados. A versão preliminar do projeto que atenderá as demandas da população no setor para os próximos 20 anos foi debatida junto à sociedade e instituições diversas.

O secretário de Planejamento, Carlos Dobes, destacou que dentro do projeto, a gestão Délia Razuk tem unido esforços para cuidar das riquezas ambientais do município, oferecer um serviço de qualidade e tendo em vista ainda o desenvolvimento da região.

A proposta foi apresentada pelo engenheiro sanitarista Kalil Greff Salin, da Groen Engenharia e Meio Ambiente. Participam da estruturação da pauta desde 2016, a Semop, Seplan, Defesa Civil, Imam, entre outras instituições.

Os participantes realizaram perguntas e sugestões. O projeto fica em “aberto” por 30 dias, a partir da data desta audiência pública, para alterações que se fizerem necessárias. A partir de então será encaminhado para os trâmites finais e posterior projeto de lei para aprovação na Câmara Municipal.

O arquiteto Fábio Luís, que ficou à frente do Imam em 2017 e no início deste ano e acompanhou grande parte das articulações do plano, destacou um direcionamento com “metas, foco na saúde pública e crescimento da região”.

Representantes da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), atual empresa prestadora dos serviços no município, acompanharam as explanações. Paulo Roberto Nepomuceno, gerente regional da empresa, enfatizou os esforços da gestão municipal a todo o processo que envolve o plano, em especial os cuidados técnicos que são de suma importância na estruturação do mesmo.

O desdobramento do projeto foi acompanhado ainda por vereadores e secretários municipais. O vereador Sérgio Nogueira representou a Câmara Municipal e pontuou que todo o Legislativo está atento à questão e disposto a dar o encaminhamento conforme for o mais viável a população e ao município.

O Projeto obedece à exigência legal aos titulares de serviço público de saneamento básico, de acordo com Lei Federal 11.445/200; auxiliar o município a identificar problemas atuais dos quatro eixos do saneamento; determinar ações e alternativas para atendimento da demanda atual e de expansão; estabelecer objetivos, metas e investimentos, a fim de alcançar a melhoria dos serviços; contribuir para o desenvolvimento sustentável do município.

O andamento do plano, o plano de trabalho, equipe responsável, diagnóstico e órgãos parceiros podem ser acompanhados no site da prefeiturawww.dourados.ms.gov.brno link informações e serviços/plano de saneamento.

O plano é elaborado de forma integrada com as secretarias municipais, órgãos ligados ao meio ambiente, universidades de Dourados, além de outras entidades do município.