Pendurados não levam cartão e São Paulo terá força máxima no clássico

O São Paulo terá força máxima no clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, no Morumbi. Os quatro titulares pendurados com dois cartões amarelos não foram advertidos no triunfo por 2 a 1 sobre o Vitória e ficarão à disposição do técnico Dorival Júnior para o Majestoso.

Os pendurados eram o capitão Hernandes, o centroavante Lucas Pratto, o lateral esquerdo Júnior Tavares e o volante Petros. No duelo em Salvador, apenas o meia Jonatan Gomez e o zagueiro Robert Arboleda levaram cartão amarelo.

Além desses quatro jogadores, Dorival Júnior contará com os retornos de Jucilei e Edimar, que cumpriram suspensão automática. No entanto, este último pode perder a vaga para Júnior Tavares, que foi bem no triunfo tricolor e pode recuperar a titularidade da lateral esquerda no domingo.

Há outros seis são-paulinos pendurados: Cícero, Wellington Nem, Lugano, Renan Ribeiro, Bruno e Jonatan Gomez. Só que eles não representam preocupação para o treinador.

Cícero está afastado do elenco tricolor desde o início de agosto e procura outro clube para defender. Wellington Nem se recupera de uma cirurgia no joelho direito e voltará a jogar apenas em 2018. Já Lugano e Renan Ribeiro são reservas e não têm perspectivas de virarem titulares em breve.

Bruno, por sua vez, se recuperou de um problema na região cervical, porém precisará de mais tempo para atingir a forma física ideal. Além disso, ele pode voltar como reserva, já que Éder Militão vem se destacando na lateral direita. Já Gomez, que substituiu Jucilei contra o Vitória, errou muitos passes, não agradou, e deverá retornar ao banco diante do Corinthians.

Com o triunfo em Salvador, o São Paulo ganhou duas posições e agora é o 17º colocado do Campeonato Brasileiro, com 27 pontos ganhos, ocupando a zona de rebaixamento, no entanto. O elenco folga nesta segunda-feira e volta a trabalhar na terça.

Da Gazeta Esportiva