Bebeto e Silas Zanata em reunião com diretora da Agehab, Maria do Carmo, na Capital – Foto: João Pires

A implantação do programa do Governo do Estado, denominado “Lote Urbanizado”, deve ser prioridade nas ações da Comissão de Habitação da Câmara Municipal de Dourados. Na quarta-feira (10), o vereador Bebeto (PR), que preside a Comissão Legislativa de Habitação, se reuniu juntamente com o vereador Silas Zanata (PPS), vice-presidente, e com a diretora da Agehab (Agência Estadual de Habitação), Maria do Carmo Avesani Lopes, para discutirem a implantação de novas moradias populares na área urbana e distritos.

Durante o encontro, a diretora-presidente da Agehab apresentou o projeto, que deve contemplar neste primeiro momento 190 novos moradores em Dourados. De acordo com a diretora, no início desta semana o secretário municipal da Agehab, Marcos Pimentel, apresentou a licença ambiental dos lotes que estariam aptos para começar as obras nos próximos meses.

O projeto consiste ao município a doação do terreno, o mestre de obras, o engenheiro técnico, terraplanagem, mão de obra e a infraestrutura básica (energia elétrica e água encanada) e ao Estado cabe o financiamento para a estrutura da cobertura e a base da obra (alicerce até a primeira fiada de tijolos). Para autorização do financiamento, o morador deve iniciar a obra com a compra do material de construção no valor aproximado de R$ 2 mil (areia, cimento e tijolos) e o prazo de conclusão da moradia não deve passar de 24 meses.

Na próxima semana uma equipe da Agehab estará em Dourados para auxiliar na regularização fundiária dos 190 lotes que serão contemplados com o projeto Lotes Urbanizados. “Nós enquanto membros da Comissão de Habitação da Câmara de Dourados vamos acompanhar junto com a secretário de Habitação do município o início do mapeamento de novos lotes que poderão ser disponibilizados a outros beneficiários”, afirmou Bebeto.

A diretora Maria do Carmo reforçou ainda a necessidade deste mapeamento onde poderão ser aprovados novos lotes para uma segunda etapa do Programa Lote Urbanizado. “Com este mapeamento em mãos, possibilitará, inclusive, ao município a inclusão de futuros projetos habitacionais do Governo Federal, já que os contratos existentes de novas moradias estão paralisados”, disse.

Também participaram do encontro em Campo Grande, a convite do vereador Bebeto, o deputado estadual Renato Câmara (MDB) e assessora parlamentar Malu Fernandes, representando o deputado Barbosinha. Os demais deputados estaduais que representam Dourados também foram convidados via oficio enviado aos gabinetes, na Assembleia Legislativa.