Luxemburgo planeja fazer mudanças no Palmeiras para o jogo desta quarta – Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O Palmeiras terá mudanças em sua escalação para enfrentar o Oeste, nesta quarta-feira, às 19h15, no Pacaembu, pela terceira rodada do Paulistão.

Vanderlei Luxemburgo aproveitará o confronto para analisar quatro novos atletas na equipe titular – Luan, Zé Rafael, Gustavo Scarpa e Willian -, ainda que mantenha a ideia de não fazer rodízio.

Quando avisou que não iria fazer mudanças profundas nas escalações entre um jogo e outro, o treinador explicou que poderia, no máximo, alterar 40% da equipe. Isto significa de três a quatro substituições, assim como planeja fazer neste próximo confronto.

– O revezamento é entre 30% ou 40% da equipe, estourando. Mas os jogadores não vão para casa, eles vão para o banco. 45 minutos não mata ninguém. As pessoas falam em modernidade, que tem que ter rodízio. Não, tem que ter um time. O elenco você vai usando. O elenco gira em torno de 28 jogadores, mas rodando o time, não passa de 15 ou 16 jogadores – disse Luxa, após a estreia do Paulistão.

Felipe Melo (36 anos de idade) e Luiz Adriano (32, mas com cuidados maiores neste retorno ao Brasil) serão poupados, assim como Dudu, que está sendo preparado para chegar em boas condições no jogo de domingo, contra o Red Bull Bragantino. Gabriel Menino sairá da equipe não pela parte física, nem por seu desempenho. A ideia de Luxemburgo é analisar Zé Rafael como titular – o camisa 8 tem jogado mais recuado e vem entrando bem.

Terceiro colocado na chave com quatro pontos (Novorizontino e Santo André têm seis cada um), o Palmeiras aposta na manutenção do estilo de jogo, mesmo com as trocas. Além de uma equipe mais agressiva que a do ano passado, o Verdão tem tido uma solidez defensiva: sofreu apenas um gol em quatro jogos, sendo que no Paulistão ainda não foi vazado.

Este deve ser o último jogo do Palmeiras longe do Allianz Parque, que passa pela troca da grama natural para a sintética. Após receber o Oeste, o Verdão visitará Red Bull e Ponte Preta, antes de voltar para receber o Mirassol, dia 16. A expectativa é de que a arena esteja pronta até lá.

Do Lance!

Orteco