O serviço de tapa-buracos da Semsur chegou ao bairro Campo Dourado na manhã desta segunda-feira – Foto: A. Frota

Duas equipes da Semsur atuaram na manhã desta segunda-feira no bairro Campo Dourado e uma terceira atua no jardim Canaã I

A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) mantém operação tapa-buracos em mais dois bairros da cidade que necessitavam da intervenção diante da estrutura danificada das vias. O bairro Campo Dourado recebeu as equipes nesta segunda-feira (10) e o jardim Canaã I já está com os reparos na fase final, já que foram iniciados na semana passada.

Conforme informações do secretário Joaquim Soares, são pelo menos 15 toneladas de massa fria que são utilizadas somente no bairro Campo Dourado. São mais de 1.200 metros de ruas que recebem a recuperação. Os buracos são tapados primeiramente com uma base e depois com a massa fria, para serem compactados.

“Uma região que programamos bem a ação para estar lá. Identificamos que são vários os fatores que tornam aquele asfalto mais suscetível aos buracos. Como as vias íngremes, a idade do pavimento e, agora, o intenso tráfego que se formou com a existência de novos bairros para além da localidade, que torna o Campo Dourado um corredor, inclusive para carretas que saem do posto que fica ali perto”, explicou Joaquim.

No Canaã I, verdadeiras crateras formadas por enxurradas foram tapadas. O bairro também sofre com o intenso tráfego de veículos para bairros adjacentes.

A Prefeitura também já realizou nas semanas mais recentes o serviço de tapa-buraco na região da Vila Índio, em toda a Major Capilé, Ciro Melo, João Vicente Ferreira, na rua Pureza Carneiro Alves (antiga W7), rua Independência, na região do Jardim Itália, e rua Adelina Rigotti na região do ‘Jorjão’. Já na rua Oliveira Marques o reparo aconteceu da Toshinobu Katayama até o bairro Santa Maria.

No fim de novembro, a operação contemplou as ruas Palmeiras, Mozart Calheiros (W5), Josué Garcia Pires (W11) e Frei Antonio (W17), entre a avenida Hayel Bon Faker e a Coronel Ponciano, vias que são importantes para o acesso dos cidadãos entre as regiões sudeste e centro-sul do perímetro urbano.

“É uma determinação da prefeita Délia Razuk para fazer este trabalho. Estamos empenhados e com o que temos à disposição, fazendo uma grande cobertura. Um ou outro tem reclamado, e entendemos, e buscamos contribuir. O tapa-buraco é um problema crônico que vem de décadas, a prefeita está estudando uma maneira de resolver com mais efetividade esta demanda”, finalizou o secretário.

Conforme o cronograma da Semsur, regiões como a do Parque das Nações I devem ser visitadas nas próximas semanas. Junto ao tapa-buraco, a Semsur mantém a limpeza de parques e praças, busca suprir a demanda da iluminação pública e faz reparos das fiações em trechos que são danificados por vândalos.