Operação do GAECO foi denominada “Jogo Sujo” – Foto: Jornal da Nova

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e da Promotoria de Justiça de Batayporã, deflagrou na manhã desta terça-feira (30/7) a Operação “Jogo Sujo”, voltada à repressão dos crimes de peculato, falsidade ideológica e fraude a processo licitatório.

As investigações revelaram fraude na licitação para a aquisição de material esportivo, troféus, medalhas e uniformes no âmbito da Secretaria de Esportes de Batayporã, por meio de empresa de fachada (falsidade ideológica), com o consequente desvio de dinheiro público.

As equipes do GAECO cumpriram sete mandados de busca e apreensão na residência de servidores públicos municipais e de empresários, como também na sede da Prefeitura Municipal de Batayporã, especificamente nas salas funcionais dos agentes públicos investigados.

Deputado Zé Teixeira