ONU aprova novas sanções contra Coreia do Norte

Medidas atingem funcionários e empresas do regime de Kim Jong-un

O Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) aprovou nesta sexta-feira (2) novas sanções contra a Coreia do Norte por causa de seu programa de testes balísticos e nucleares.

Por unanimidade, os 15 membros do órgão deram aval a uma resolução que insere em uma “lista negra” 14 funcionários do regime de Kim Jong-un, impondo a eles o bloqueio total dos bens e a proibição de viagens internacionais.

Um deles é Cho Il U, tido como chefe do serviço de espionagem de Pyongyang no exterior. As sanções também foram aplicadas a quatro empresas, como o banco Koryo e a Strategic Rocket Forces, ligada ao Exército norte-coreano.

O último teste balístico do país ocorreu em 29 de maio, quando um foguete foi disparado no Mar do Japão. Esse foi o nono lançamento desde o início do ano e o terceiro em menos de um mês. “O Conselho de Segurança da ONU enviou uma mensagem clara à Coreia do Norte: chega de lançamentos de mísseis balísticos, ou então haverá consequências”, declarou a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley.

A tensão na península da Coreia vem se elevando ao longo dos últimos meses, com recorrentes trocas de ameaças entre Washington e Pyongyang. Em determinado momento, a China chegou a dizer que o perigo de uma guerra na região era “grande”.

Da AnsaFlash