Olivia de Havilland, estrela de ‘E o vento levou’, morre aos 104 anos

Olivia de Havilland, em foto de arquivo – Foto: EPA

Morreu na noite deste sábado (25), aos 104 anos de idade, a atriz anglo-americana Olivia de Havilland, estrela de “E o vento levou”.

Ícone da “era de ouro” de Hollywood, Havilland faleceu em sua casa, em Paris, na França. Em sua longa carreira, conquistou dois prêmios de melhor atriz protagonista no Oscar, um em 1946, por “Só resta uma lágrima”, e outro em 1949, por “Tarde demais”.

Já sua interpretação de Melanie em “E o vento levou” lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante. A estrela também ficou marcada pelo ativismo em defesa de sua classe e empresta seu nome a uma lei que derrubou o controle que os estúdios de Hollywood exerciam sobre as carreiras dos atores, garantindo mais liberdade para a categoria.

Havilland também protagonizou uma rivalidade com a irmã atriz, Joan Fontaine (1917-2013), que a derrotou no Oscar de 1942 por seu papel em “Suspeita”. A estrela se aposentou em 1988 e se afastou dos holofotes com uma vida tranquila em Paris.

Da AnsaFlash

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui