Oficinas resgatam cultura árabe em Mato Grosso do Sul pela dança e psicologia

‘Raízes do Oriente’ resgata a cultura dos povos árabes e sua participação fundamental para a multiculturalidade de MS – Crédito Marcelo Ribeiro

Fomentar a arte da cultura médio-oriental por meio da dança e rodas de conversas é um dos principais objetivos do projeto ‘Raízes do Oriente’, idealizado pela bailarina e coreógrafa Ingridi Farah. Por esse motivo, nas próximas sextas-feiras de março, das 20h às 21h30, serão realizadas três oficinas gratuitas via plataforma zoom com a psicóloga Ana Loureiro, que falará sobre mulheres em movimento, dança como instrumento social e político, feminismo e masculinidade saudável, podendo as inscrições ser feitas no site http://ingridifarah.com.br/#oficinas

As oficinas integram a frente ‘Conexão Raízes’, com diálogos compartilhados abrangendo corpo, movimento, autoconhecimento e autocuidado, pensando na singularidade de cada um, tanto homem quanto mulher. A primeira é ‘Mulheres em Movimento’, que fará os participantes analisarem suas movimentações corporais, mesclando dança e psicologia, nesta sexta-feira (12), a partir das 20h.

O artivismo são ações sociais e políticas, produzidas por pessoas ou coletivos, que se valem de estratégias artísticas, estéticas ou simbólicas para amplificar, sensibilizar e problematizar, para a sociedade, causas e reivindicações sociais. Justamente é o tema da terceira oficina: ‘Dança, Artivismo e Potências’, no dia 19.

No dia 26, última sexta-feira de março, na oficina ‘Gênero em Pauta – Feminismo e Masculinidade Saudável’, Ana Loureiro abordará o universo masculino na dança e seus benefícios, com a participação especial do psicólogo Amin Taher Asrieh.

Raízes do Oriente– Financiado pelo FMIC (Fundo Municipal de Investimentos Culturais), por meio da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e Prefeitura Municipal de Campo Grande), o projeto tem quatro frentes: criação e concepção de espetáculo, ações formativas, palestras e oficinas. O trabalho promove o resgate social, histórico e cultural dos povos árabes, reconhecendo-os como agentes fundamentais no crescimento e desenvolvimento do Estado, por meio da dança.

Serviço– O projeto Raízes do Oriente promove as oficinas ‘Mulheres em Movimento’, ‘Dança, Artivismo e Potências’ e ‘Gênero em Pauta – Feminismo e Masculinidade Saudável’, ministradas pela psicóloga Ana Loureiro, respectivamente nos dias 12, 19 e 26 de março. Elas são gratuitas e tanto homens quanto mulheres podem participar efetuando o cadastro no site http://ingridifarah.com.br/#oficinas

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.