Deputado Paulo Corrêa (PSDB) foi eleito presidente da Assembleia nesta sexta-feira – Foto: Luciana Nassar

O presidente eleito da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa (PSDB), concedeu entrevista coletiva logo após a eleição da Mesa Diretora, na manhã desta sexta-feira (01), em que destacou os principais objetivos a serem almejados em sua liderança na Casa de Leis.

O deputado lembrou da sua experiência administrativa na dinâmica do Poder Legislativo como fator para sua eleição. “Gostaria de agradecer aos votos dos colegas, que me delegaram a incumbência de gerir a parte administrativa da Casa. Atuei como 1º Secretário entre 2011 e 2012, e não vou falhar nessa confiança depositada em mim, para melhorarmos a forma como a Assembleia é administrada, implementando uma gestão participativa, com envolvimento da Mesa Diretora e de todos os deputados”, disse.

Para Correa, dentre os principais desafios de sua gestão está a adequação dos trabalhos legislativos a um novo momento político do Brasil. “Aqui fazemos política, que é arte do possível, mas sabemos de nosso dever em entregar o que há de melhor para a população sul-mato-grossense, sempre trabalhando com transparência”, declarou.

O novo presidente ainda detalhou algumas da metas da nova Legislatura. “Pretendemos modernizar a Casa, melhorando o sinal de internet, para proporcionar a cada deputado o que há de melhor em termos de assessoria aos seus mandatos. Além disso, devemos atender os pleitos dos parlamentares realizam audiências publicas, estas sim as legítimas ações feitas aqui em função dos anseios da população”, continuou.

Renovação – Com onze novos deputados eleitos em outubro do ano passado, a Assembleia de Mato Grosso do Sul promete ressoar novas idéias. Essa é a conclusão do novo presidente sobre o atual quadro de membros do Legislativo. “A principal mudança que isso traz são as idéias que refrigerarão o Poder Legislativo, que tem o condão de sempre ouvir os diversos lados de uma demanda”, analisou.