Novas indústrias e biossegurança em MS pautam reunião entre Ministra e Asumas

Ministra apresentará demanda e MS aos principais frigoríficos do país – Divulgação

O presidente da Asumas – Associação Sul-mato-grossense de Suinocultores, Alessandro Boigues, reuniu-se nesta quarta-feira (21), com a Ministra da Agricultura e Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, a fim de apresentar a demanda de novas empresas do setor, operando no estado, como indústrias e cooperativas. Durante a reunião, também foram apresentados aspectos sanitários da atividade, como medidas de prevenção e biossegurança. A reunião, que ocorreu na sede do Mapa, constou com a participação do deputado estadual, Renato Câmara, presidente da Frente Parlamentar da Suinocultura.

“Tive a satisfação de agradecer a ministra pela sua atuação frente à pasta da agropecuária. E aproveitamos a oportunidade para sugerir celeridade para o momento em que o Laddan [laboratório vinculado à Iagro], apresentar pedidos de aprovação para teste de Elisa, para aujeszky e peste suína clássica. Acreditamos que isso será muito importante para a produção, evolução e sustentabilidade da suinocultura em Mato Grosso do Sul,” aponta o presidente.

“Sugerimos também que o ministério continue atuando fortemente, com os trabalhos de vacinação da peste suína clássica. E que torne essa atuação, em Alagoas, como uma política pública para ter mais celeridade em ações, para focos de infecção, utilizando o que aconteceu em naquele estado, como exemplo para demais”, acrescentou Boigues.

Segundo o líder da Asumas também colocaram à mesa o atual cenário da suinocultura em Mato Grosso do Sul, que tem se tornado cada vez mais forte e sustentável, destacando-se como a melhor biosseguridade do Brasil, e também quanto a produtividade. Segundo ele vários produtores demonstram interesse em ingressar na atividade. “Mas hoje a atividade está restrita a duas regiões no estado, Norte e Sul, e apenas duas empresas atuando, por isso verificamos com a ministra as opções para atrair novas empresas, que façam investimentos, gere empregos e atendam demanda de vários produtores rurais”, enfatizou Boigues.

A ministra se reunirá com os principais frigoríficos do Brasil, na tarde desta quarta-feira (21), e levará o questionamento sobre as possibilidades de investimentos no Estado.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.