Nova sinalização do aeroporto está pronta para receber o Boeing 737/700

Pintura de nova sinalizações e pequenos ajustes atendem solicitação da GOL, que passa a operar nesta segunda-feira em Dourados – Foto: Carlos Marinho/Agetran

Esta é a maior aeronave de transporte comercial que opera no Aeroporto de Dourados; preparação da pista foi realizada em tempo recorde pela Agetran

Após quatro dias de trabalho intenso, a equipe da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) finalizou a pintura da nova sinalização do pátio e parte da pista do Aeroporto Municipal Francisco de Matos Pereira, em Dourados. Cerca de dez servidores estiveram envolvidos no trabalho, que teve acompanhamento do engenheiro Derick Hudson Machado, da Agesul (Agência de Empreendimento de Mato Grosso do Sul). O novo desenho demarca os locais onde os aviões deverão parar para embarque e desembarque, em especial no Boeing, da GOL, que passa a operar nesta segunda-feira (2), fazendo a linha Guarulhos/Dourados/Guarulhos.

De acordo com o diretor do Departamento Aeroportuário, Juliano de Almeida Domingos, para que fosse possível operar com a aeronave desse porte, um Boeing 737/700, foi necessário fazer algumas mudanças características no aeródromo e uma delas é a pintura e sinalização horizontal do pátio.

Ele disse ainda que a partir desse dia 2, “teremos voos de domingo a domingo, com chegada às 16h30 e decolagem às 17h. Esta aeronave tem capacidade de 138 passageiros, sendo o avião de maior porte em voos comerciais que já operou em Dourados”.

Juliano explicou ainda que todo o trabalho e a operação são fiscalizados pela agência reguladora, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). “Acredito que nos próximos meses deveremos ter uma vistoria da Anac para verificar se o projeto realmente está de acordo com o regulamento padrão (RBAC 154)”, apontou.

Com o início da operação de uma aeronave de maior porte, estima-se que aconteça dentro dos próximos meses um aumento de 50% até 100% no número de passageiros usuários do aeroporto de Dourados, haja vista que somente essa aeronave tem capacidade de transportar aproximadamente o dobro de passageiros que as outras empresas atendem hoje.

Além da pintura, o diretor explicou que também foram atendidos outros pedidos, como medições de atrito, macro textura, sinalização contra incêndio, entre outras. “Agora, a nova obra mais esperada é a reforma do aeroporto, quando nossa pista, que hoje é de 1.950m passará para 2.240 metros, como também alargar de 30 metros para 45 metros, além de aumentar o “pcn”, que é compactação da pista, podendo receber assim aeronaves de maior porte como o Boeing 737/800”, explica.

“Com certeza, isso atrairá novas empresas e provocará a ampliação do atendimento daquelas que já atuam hoje aqui e, provavelmente, teremos a mudança de categoria do aeródromo, pois ao acontecer operações com aeronaves de categoria diferente precisará ser homologado o novo padrão”, disse, lembrando que hoje o aeroporto de Dourados está na categoria AP1 e classe 1 Bravo, podendo passar para a categoria AP2 e Classe 2 Bravo.

O diretor presidente da Agetran, Carlos Fábio Selhorst dos Santos, fez questão de elogiar o esforço da equipe que, com muita rapidez e eficiência conseguiu atender a todas as exigências dentro do curto prazo disponível, assim como as parcerias. “Atendemos com esse belo trabalho em equipe a recomendação da prefeita Délia Razuk e conseguimos deixar o aeroporto pronto para iniciarmos esta nova fase, mais moderna, no atendimento aos usuários de Dourados e aos que chegam à nossa cidade”, falou, acrescentando que “não podemos deixar de destacar parcerias que foram fundamentais, como a do Aeroclube de Dourados, por intermédio de Domingos Ventorini, com apoio logístico e conseguindo diversos materiais para a confecção do trabalho, dando um apoio muito importante para a equipe”.