Cristiana Assumpção, doutora em Engenharia Pedagógica pela Universidade de Columbia(EUA), participa do 5º encontro dos “Diálogos de Inovação” - Divulgação
Cristiana Assumpção, doutora em Engenharia Pedagógica pela Universidade de Columbia(EUA), participa do 5º encontro dos “Diálogos de Inovação” – Divulgação

“A educação é o grande desafio da nossa geração”. É com esta afirmação que a doutora em Engenharia Pedagógica pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, Cristiana Mattos Assumpção atenta para a necessidade de empresas e negócios acompanharem as constantes mudanças nas tecnologias e inovações, que impactam na geração de emprego, trabalho e riquezas.

Membro do comitê gestor da Comunidade Práxis, comunidade que reúne educadores com foco no uso de Tecnologias em Educação e integrante da ABED (Associação Brasileira de Ensino à Distância) e AERA (American Educational Research Association), a pesquisadora propões reflexões acerca da eficácia do modelo de ensino do País. “Nas escolas e colégios de nosso País, a formatação do ensino é capaz de ensinar com eficiência? Podemos utilizar este mesmo modelo de ensino-aprendizagem nas empresas?”, questionou.

Cristiana Assumpção pretende responder esse e outros questionamentos durante o quinto encontro dos “Diálogos de Inovação”, uma série de oito eventos promovidos pela Fiems e Senai para que empresários de Mato Grosso do Sul discutam com especialistas temas para pensar a indústria do futuro. Educação será objeto de debate do encontro, que será realizado no próximo dia 7 de novembro no campus da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), em Campo Grande (MS).

Segundo a pesquisadora, quando se trata do aprendizado de trabalhadores é preciso levar em conta que eles, antes de tudo, buscam crescimento pessoal. “Os gestores devem levar em consideração este fator pessoal e deixar claro a vantagem que novas tecnologias trarão. Também devem fornecer o suporte técnico necessário para seus funcionários aprenderem a usar a tecnologia desejada”, explicou, completando que, quando o indivíduo percebe um valor agregado ao esforço, ele se dedica a aprender aquela ferramenta/ tecnologia.

Para tanto, as empresas, afirma Cristiana Mattos Assumpção, podem usar uma série de ferramentas para mostrar aos colaboradores as vantagens de dominar e se beneficiar das novas tecnologias. “Podem trazer especialistas que mostrem o benefício que a tecnologia trará, ilustrando até com estudos de caso mostrando onde esta tecnologia já foi adotada (benchmarks de sucesso). Pode organizar oficinas internas de treinamento, oferecer cursos online e dar suporte técnico. Pode contratar fornecedores terceirizados de treinamentos da tecnologia em questão. Pode enviar funcionários para congressos de tecnologia”, elencou.

O evento

Com um formato inovador, a ideia do “Diálogos de Inovação” é reunir representantes da indústria do Estado e especialistas de renome nacional em oito encontros para discutir inovações e tecnologias para desenvolver e elevar a indústria sul-mato-grossense à vanguarda do setor. O primeiro deles foi realizado na OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil no Estado) e abordou as PPPs (Parcerias Público-Privadas) como alternativas ao atual modelo econômico, com a doutora em Direito Administrativo Cristiana Fortini.

O tema “Cidades Inteligentes” foi discutido na Escola Senai da Construção, com o doutor em Design e Arquitetura pela USP (Universidade de São Paulo), Caio Adorno Vassão, e a MSGás sediou o 3º encontro do projeto, que trouxe Reinaldo Lorenzato, graduado em Engenharia Industrial Mecânica pela Universidade Mackenzie e mestre em Business Administration com extensão Internacional pela Rotman Business School, da Universidade de Toronto, para falar sobre a “Internet das Coisas”.

Depois foi a vez da apresentação do doutor em tecnologia alimentar Miguel Cerqueira, que falou sobre “Nanotecnologia” durante o 4º encontro realizado na Faculdade de Tecnologia do Senai em Campo Grande (FatecSenai), enquanto o 6ª encontro terá como tema “Comportamento Coletivo” e o tema do 7º encontro será “Desenvolvimento Local e as Indústrias”.

Para encerrar a série de encontros, o evento “Webinar”, no auditório do Edifício Casa da Indústria, contará com a participação online de todos os sete palestrantes e terá a intermediação do apresentador da Globo News e Canal Futura, Ronaldo Lemos, quando será apresentado o painel “MS – Indústria para o futuro” e todos os participantes poderão dar sua contribuição final. Após os encontros, será apresentado o painel “MS – Indústria para o Futuro”.

Formato

A cada encontro, 20 empresários do Estado serão selecionados para discutir presencialmente um tema específico com o palestrante convidado (e serão orientados a baixar um aplicativo do evento para, enquanto assistem à apresentação, possam acompanhar outras informações e fazer perguntas), enquanto as demais pessoas interessadas poderão interagir online.

Todos os eventos serão transmitidos gratuitamente via Youtube e outras redes sociais da Fiems e Senai, sendo abertos à população em geral com a possibilidade de interação, enquanto as palestras serão realizadas em oito diferentes locais, sempre relacionados ao tema exposto. Responsável pela concepção e organização do evento, o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, falou sobre o conceito inovador do evento em si.

“Trouxemos um ambiente para favorecer essa discussão e, por meio dela, trazer para o nosso Estado a cultura da inovação”, disse Jesner Escandolhero. “O Senai no seu dia a dia já atua com tecnologia e inovação e, por meio do contato com as indústrias e seus diversos segmentos, percebemos alguns gargalos e temas ainda muito mistificados e que, apesar de estarem presentes, ainda representam algumas barreiras que precisam ser discutidas”, acrescentou.

Serviço – Mais informações sobre o evento no site www.dialogosdeinovacao.com.br