Analisas acreditam que a visita de Kim à China seja um gesto para buscar apoio de Pequim

O líder norte-coreano Kim Jong-un – Foto: EPA

O líder norte-coreano Kim Jong-un está em viagem oficial à China, sob convite do presidente Xi Jinping. Fontes locais relataram que um trem verde cruzou ontem (7) a fronteira em Dandong e que a visita ocorre até 10 de janeiro, de maneira discreta e sem agenda revelada.

A locomotiva chegou nesta manhã à estação Norte de Pequim. Sob escolta policial, a delegação de Pyongyang seguiu para a Diaoyutai State Guesthouse, onde líderes estrangeiros ficam hospedados.

Kim teria partido na tarde de ontem rumo a Pequim, acompanhado da primeira-dama Ri Sol-ju e membros do governo, como o chanceler Ri Yong-ho. O líder norte-coreano, que completa 35 anos de idade hoje, de acordo com os serviços de inteligência, está em sua quarta visita à China.

A viagem ocorre paralelamente a uma rodada de negociações entre membros do governo da Coreia do Norte e dos Estados Unidos, como forma de planejar o segundo encontro oficial entre Kim e o presidente Donald Trump para tratar a desnuclearização do país.

Analisas acreditam que a visita de Kim à China seja um gesto para buscar apoio de Pequim, sua principal aliada econômica e política, nas negociações com os EUA.

Da AnsaFlash