No MS, dengue já matou 37 em 2020, e Saúde investiga mais 6 óbitos

A secretária adjunta da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Crhistine Maymone, destacou durante transmissão ao vivo com os números do novo coronavírus que a pasta investiga 6 óbitos com suspeita de dengue. Atualmente, são 37 mortes confirmadas em 2020. As informações são do Jornal Midiamax.

“A gente sabe que 80% dos focos estão dentro das residências. Eliminem os focos, porque sabemos que o mosquito está circulante em todo tipo de água que esteja em algum tipo de reservatórios”, destacou.

Maymone citou as investigações ao destacar que na atual semana epidemiológica a incidência de viroses que causam SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e síndromes gripais é mais comum nessa época, entre a 10ª e a 25ª semanas epidemiológicas.

Dengue em MS

O último boletim epidemiológico da dengue divulgado pela SES, na quinta-feira passada (28), trouxe que há alta incidência da doença em todos os 79 municípios de MS. Até então, eram 1.407 casos de dengue, o que deu ao Estado a segunda posição no ranking nacional

Liderando o ranking de notificações no Estado está Campo Grande com 12.569 casos da doença, em seguida vem Ponta Porã com 4.682, depois Corumbá com 3.713, Três Lagoas com 3.664, Naviraí com 2.906 e Amambaí com 2.126.

Acima os mil casos ficaram São Gabriel do Oeste com 1.693, Paranaíba 1.304, Chapadão do Sul 1.188, Caarapó 1.082, Brasilândia 1.025 e Dourados 1.023. Os outros 67 municípios registraram ao menos um caso de dengue.

Mortes

Das 37 mortes registradas pela doença no Estado, 23 pacientes tinham comorbidades (caso daqueles com hipertensão). Ao todo foram registradas 8 mortes em janeiro, 8 em fevereiro, 11 em março, 6 em abril e, até agora, 4 em maio.

Campo Grande teve 7 mortes, ante 4 registrada em Corumbá; 3 em Dourados e Naviraí; 2 em Chapadão do Sul, Caarapó e Mundo Novo; e 1 em Aquidauana, Bodoquena, Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste, Costa Rica, Cassilândia, Paranaíba, Sidrolândia, Nova Andradina, Itaporã, Ponta Porã, Laguna Caarapã, Itaquiraí e Sete Quedas.