No Ministério das Cidades, Reinaldo assegura R$ 400 milhões para obras em Campo Grande

Governador Reinaldo Azambuja com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, nesta terça-feira – Foto: Assessoria Ministério das Cidades
Governador Reinaldo Azambuja com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, nesta terça-feira – Foto: Assessoria Ministério das Cidades

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, assegurou na noite de ontem ao governador Reinaldo Azambuja a liberação de R$ 400 milhões para obras de macrodrenagem e asfaltamento em Campo Grande. A pasta vai anunciar nos próximos o cronograma de repasse.

A confirmação foi feita ao gestor do executivo estadual um dia após o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, se reunir com o ministro. No encontro com o governador, Bruno Araújo enfatizou que a pasta vai definir as questões técnicas para viabilizar os projetos, ente eles a conclusão das obras do Córrego Bálsamo, que já está com 62% da segunda etapa concluídos. O pacote inclui R$ 71,4 milhões para retomada das obras do Parque Linear Bálsamo (R$ 26,4 milhões), início da primeira etapa do projeto de drenagem e controle de enchentes do Rio Anhanduí (R$ 47 milhões), entre as ruas Santa Adélia e Aquário, em processo de licitação e R$ 58 milhões início das obras do corredor de ônibus da região Norte da Capital. O novo corredor possibilitará recapeamento das ruas Bahia, Cel. Antonino, Cônsul Assaf Trad, Alegrete e 25 de Dezembro.

“O governador sempre traz demandas importantes do Estado. Vou dar atenção muito especial à habitação, pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, e a projetos importantes que atendem e estruturam a capital, especialmente na macro drenagem. Tanto o Governador quanto prefeito estão dando demonstração de maturidade, estão extremamente afinados. Estamos cuidando das obras que vão ser anunciadas pelo Governo do Estado e pelo prefeito”, afirmou o ministro após o encontro, enfatizando que o “governador Reinaldo Azambuja sai de Brasília com importantes investimentos e recursos para tender todo o Estado de Mato Grosso do Sul, de modo especial a Capital.”

Azambuja enfatizou que o ministro esteve reunido com o prefeito de Campo Grande um dia antes. “Hoje vim aqui demonstrar a importância destes projetos, que são estruturantes para campo Grande: um de macro drenagem e outro de asfaltamento de ruas, que totalizam investimentos federais de cerca de R$ 400 milhões. Bruno Araújo disse que estes projetos estão na pauta das prioridades da pasta”, explicando que “na próxima semana o ministério vai fazer a reestruturação necessária e adequações e “vai fazer um cronograma de liberação”.

Habitação

O gestor estadual solicitou recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida para construção de 5 mil casas em todo Estado, sendo que o cronograma de atendimento deve ser divulgado nos próximos dias também. O ministro enfatizou que o Estado vai ter prioridade para receber as casas do programa.