Neli Abdulahad reivindica construção de canil popular para atender animais de rua

Vereadora Neli Abdulahad – Assessoria

A vereadora Neli Abdulahad chamou a atenção durante a sessão ordinária desta terça-feira, 29 de outubro, para um assunto comum no município de Ponta Porã, o grande índice de animais abandonados que perambulam pelas ruas da cidade.

Em função disso, a parlamentar encaminhou uma indicação ao prefeito Hélio Peluffo Filho, com cópias ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Messias Manosso e ao secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Dário Honório Martins Almirão, solicitando a construção de um canil municipal para recolher esses animais e realizem a esterilização e a doação dos mesmos.

De acordo com a vereadora Neli, tal solicitação é necessária, principalmente devido ao grande número de cães e gatos abandonados. “A castração é uma das principais alternativas para controle de animais abandonados e consequentemente reduzirá o numero de zoonoses”, explicou.

Rua Jamaica

Em sua segunda indicação, a vereadora Neli Abdulahad encaminhou expediente ao prefeito Hélio Peluffo e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Messias Manosso, solicitando a manutenção da Rua Jamaica, no bairro Parque das Aroeiras.

Segundo a vereadora Neli, a referida rua está em um estado degradante, gerando reclamações por parte de seus moradores e transeuntes, principalmente durante o período chuvoso do nosso município, onde a rua mencionada fica intransitável.

Extinção de conjunto semafórico

Em sua terceira indicação, a vereadora Neli Abdulahad solicitou ao prefeito Hélio Peluffo e ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Messias Manosso, que sejam extintos os dois semáforos que interligam a Avenida Internacional e a Avenida Brasil à BR-463, e sejam instalados guard rails separando as duas avenidas até a bifurcação, bem como, o fechamento da rotatória sentido Avenida Brasil-Avenida Washington Luis.

Segundo a vereadora Neli, esta solicitação tem como objetivo reordenar o trânsito naquela região, para que o mesmo possa fluir com maior objetividade.