Ministra participou de solenidade de entrega patrulhas mecanizadas e equipamentos agrícolas para 15 municípios de MS – Foto: Assessoria

Não vai faltar apoio para a agricultura familiar, afirmou a ministra Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, durante solenidade de entrega patrulhas mecanizadas e equipamentos agrícolas para 15 municípios, nesta segunda-feira (8/7), em Campo Grande.

Tereza disse que hoje no Brasil existe uma só agricultura, fortalecida por uma política agrícola que atende a todos. “No Plano Safra 2019/2020, o presidente Jair Bolsonaro pediu para atendermos primeiro os pequenos produtores, depois os médios e, por último, os grandes”, assinalou a ministra.

Tereza disse que se “encantou com a agricultura familiar e aprendeu muito sobre o segmento” e que os agricultores terão todo o apoio do governo federal, principalmente com novas patrulhas e equipamentos, com parceria para melhoria das estradas vicinais e por conta da entrega de títulos definitivos de propriedade das terras da reforma agrária.

Com o documento de propriedade, Tereza assinala que os assentados poderão ter acesso ao crédito rural, realizar investimentos e aumentar a sua capacidade de produção. “Esperamos que vocês produzam, e produzam cada vez mais e melhor”, incentivou a ministra.

Sobre o acordo com a União Européia, fechado depois de 20 anos de negociações, a ministra da Agricultura assinalou que vai abrir um mercado de mais de 600 milhões de consumidores para os produtos agrícolas brasileiros. “Claro que será preciso agir com competência, aumentar a produtividade, mas o importante é que haverá mercado para os que quiserem crescer”.

Hoje a agricultura brasileira abastece mais de 190 países, frisou a ministra, destacando o papel estratégico da agropecuária nacional no fornecimento de proteínas animais e vegetais para o mundo.

Durante o evento com a participação de Tereza Cristina, o governador Reinaldo Azambuja anunciou um novo investimento de R$ 22 milhões na agricultura familiar, fruto de emendas parlamentares federais com contrapartida do Governo do Estado, será aplicado na aquisição de maquinários agrícolas para os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. “Fortalece e melhora a competitividade dos pequenos produtores”, avaliou ele.