O comércio foi o setor que apresentou segundo melhor desempenho em abril

Mato Grosso do Sul teve o melhor abril dos últimos cinco anos na área empresarial, o que sinaliza para o crescimento da economia e atesta a eficácia das medidas adotadas pelo Governo do Estado para estimular o setor. Os dados são da Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems), órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Foram abertas 600 empresas no mês, praticamente 20 por dia, o que totaliza 2.286 firmas novas em atividade no primeiro quadrimestre do ano. É o melhor desempenho por período em cinco anos (veja quadro).

O setor de Serviços continua sendo (como nos meses anteriores) o mais beneficiado, com 366 novas firmas, ou 61% do total. Comércio vem em seguida com 206 empresas (34,33%) e em terceiro a Indústria (28 empresas), que perfazem 4,67%. Na distribuição geográfica, Campo Grande concentrou o maior número – 239 empresas -, seguido de Dourados (66), Três Lagoas (28), Nova Andradina (22), Ponta Porã (21) e Naviraí (19).

Para o secretário Jaime Verruck, da Semagro, o Governo do Estado tem acenado com estímulos frequentes aos empreendedores, o que cria um ambiente seguro para novos investimentos. Ele cita os financiamentos do FCO (Fundo Constitucional para o Desenvolvimento do Centro-Oeste), com ações direcionadas a levar esclarecimentos e facilitar o acesso dos pequenos e médios empresários, como a principal medida nesse sentido.

Já o presidente da Jucems, Augusto Cesar Ferreira de Castro, ressalta a implantação da Jucems 100% Digital, em novembro do ano passado, como um novo momento na economia do Estado que caminha, desde então, para uma franca recuperação dos números e indicativos fortes de crescimento. A Jucems 100% Digital trouxe agilidade e simplicidade ao sistema, salienta.