Motorista é rendido e tem R$ 3,3 mil roubados por travestis em Campo Grande

Ele foi rendido quando parou no semáforo entre as avenidas Costa e Silva e Noroeste

Boletim de ocorrência foi registrado na Depac da Vila Piratininga – Foto: Reprodução/ TV Morena

Um motorista de 40 anos foi rendido quando parou no semáforo entre as avenidas Costa e Silva e Noroeste, na Vila Olinda, em Campo Grande. Ele foi rendido por um homem e depois ficou refém de travestis, que acabaram roubando mais de R$ 3 mil. As informações são do Jornal Midiamax.

A vítima contou à polícia que foi rendido por um rapaz que se parecia com um morador de rua. Ele se portou como se tivesse uma arma de fogo e ordenou que o motorista abrisse a porta e dirigisse. O homem mandou que o motorista dirigisse até um endereço onde estavam as travestis.

Quando chegou no local, havia duas travestis, a morena, que inclusive estava sem roupa, e a de pele branca. Uma delas ordenou que a vítima entregasse todo o dinheiro que tinha na carteira. Ele entregou R$ 300 e, não satisfeitas, elas pegaram uma maquininha de cartão e fizeram movimentações com o cartão de débito do motorista. As transações resultaram em um prejuízo de R$ 3 mil.

A travesti nua ainda estava fora do carro e pegou a chave do carro e o celular do motorista. Ela se sentou no banco de trás e a outra travesti saiu do carro e foi embora. A travesti nua entregou a chave do carro para a vítima e disse que, se ele quisesse seu celular de volta, deveria voltar com mais dinheiro.

O motorista saiu do local e procurou ajuda em um posto de gasolina. O frentista emprestou seu celular, quando a vítima ligou para a PM. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.