Ministro Mendonça Filho anuncia liberação de R$ 5 milhões para obras no Estado

Ministro Mendonça Filho na solenidade de abertura do “FNDE em Ação” na sede da Assomasul, nesta segunda – Foto: Chico Ribeiro
Ministro Mendonça Filho na solenidade de abertura do “FNDE em Ação” na sede da Assomasul, nesta segunda – Foto: Chico Ribeiro

Mato Grosso do Sul contará com R$ 5 milhões do Ministério da Educação, de um total de R$ 162 milhões que serão destinados aos estados brasileiros. A liberação desses recursos foi assinada pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, durante solenidade de abertura do “FNDE em Ação” nesta segunda-feira (21.8) na sede da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), em Campo Grande.

O ministro explicou que esse volume de recursos faz parte da primeira etapa e estará disponível já neste mês. Segundo ele, o dinheiro será liberado para as obras executadas nos municípios do Estado. Mendonça Filho destacou também que o Ministério da Educação vem realizando, junto com o governo de Reinaldo Azambuja, importantes investimentos na área da educação. “Aqui no Mato Grosso do Sul já implantamos, em parceria com o governo estadual, duas escolas em tempo integral de nível médio, e vamos agregar mais 10”, declarou.

Durante a solenidade, o governador Reinaldo Azambuja destacou a necessidade de concluir as obras para atendimento à educação infantil e também de rever o projeto neste setor, pois o atual modelo é oneroso principalmente para os municípios. “A base da educação dos nossos jovens começa na educação infantil, e todo município hoje tem dificuldade de criar vagas para as crianças. Então, merece uma atenção muito especial do Ministério para, primeiro, a conclusão daquilo que já foi iniciado e, depois, a concepção de um projeto mais barato, mais exequível”, pontuou o governador.

Em seu discurso, Reinaldo Azambuja disse também que em Mato Grosso do Sul o governo, junto com os municípios e as escolas particulares, já vem discutindo a base nacional curricular, que será definido em novembro pelo Conselho Nacional de Educação. “Posso dizer ministro, que em Mato Grosso do Sul já demos um passo importante, já estamos construindo uma base curricular comum entre os municípios, o Estado e as escolas particulares, para que tenhamos uma base curricular comum”, afirmou.

Mendonça Filho aproveitou o evento realizado na Assomasul para anunciar também, que a partir de primeiro de setembro o Ministério da Educação (MEC) começa a receber as propostas para o novo Programa de Ações Articuladas (PAR). Até esta sexta-feira (22.8), os técnicos do MEC estarão dando informações e orientações aos prefeitos, secretários municipais de educação e técnicos do setor, sobre os programas executados pelo Governo Federal na área. As explicações são dadas em forma de palestras e também atendimentos individualizados.

Ceinf

O ministro Mendonça Filho e o governador Reinaldo Azambuja também participaram, junto com o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, da inauguração do Centro de Educação Infantil Professor Eloy Souza da Costa. Construída no Jardim Tijuca II com recursos municipais e do Ministério da Educação, a unidade vai atender 120 crianças em período integral.

Nos eventos estiveram presentes os senadores Pedro Chaves e Simone Tebet, os deputados federais Geraldo Resende, Tereza Cristina e Luiz Henrique Mandeta, além do presidente da Assembleia Legislativa, Júnior Mochi, e o presidente da Assomasul e prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina.