Craque quer apagar a derrota na final do Mundial de 2014

Após ser o herói da classificação da Argentina para a Copa do Mundo de 2018, o craque Lionel Messi revelou nesta terça-feira (13) que o futebol deve pagar a sua “dívida” com ele no Mundial de 2018, na Rússia.

O técnico da seleção da Argentina, Jorge Sampaoli, afirmou logo após a vitória nas Eliminatórias diante do Equador, que o futebol devia uma Copa do Mundo a Messi, e o astro argentino apoiou as palavras do comandante.

“Sim, eu escutei isso, e ele me falou o mesmo. Tomara que o futebol acabe me pagando”, disse Messi, em entrevista ao site da Fifa.

No último Mundial, em 2014, a Argentina perdeu a final da Copa do Mundo para a Alemanha, e segundo Messi, a ferida da partida diante dos alemães nunca desaparecerá. “Não sei se vai sarar em algum momento. Acho que vamos conviver com isso que aconteceu, vai ficar aí para sempre”, revelou.

Após a tensão das Eliminatórias, o capitão da seleção da Argentina ainda afirmou que a equipe “vai mudar muito”, pois o elenco irá “se livrar da tensão e do medo dos riscos de não conseguir a classificação” para a Copa do Mundo.

Messi ainda revelou que ficar de fora do próximo Mundial seria um “golpe muito duro” para ele, a seleção e todo o povo argentino.

A Argentina caiu no grupo D da Copa do Mundo, ao lado de Islândia, Croácia e Nigéria. Os argentinos irão estrear diante dos islandeses, no dia 16 de junho, em Kaliningrado.

Da AnsaFlash