Mesmo com pandemia, MS gerou mais de cinco mil empregos em março

Setor que mais criou vagas foi o de Serviços, com +2.555 – Divulgação

A segunda onda da pandemia e todos os seus reflexos, não impediram que Mato Grosso do Sul fosse destaque na geração de empregos. Dados Caged, divulgados nesta quarta-feira (28), mostram que em março foram gerados 5.152 novos empregos no Estado.

O número, é mais que o dobro do total apurado no primeiro trimestre de 2020, quando foram criados 7.548 novos empregos. Para o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck esse é um motivo para comemorações.

Os setores que mais geraram novos empregos formais foram: Serviços (2.555 vagas), Comércio (958) e Agropecuária (798).

Na distribuição regional dessas vagas, o município de Campo Grande apresentou melhor resultado, mas praticamente todos tiveram novos empregos gerados.

A retomada da economia tem sido uma preocupação constante do Governo do Estado. Verruck não tem dúvidas de que, ainda neste ano, o Estado experimentará um forte crescimento no setor Agropecuário.

A indústria de transformação também se destacou com 561 vagas a mais em março, e a Construção Civil gerou 267 novas vagas.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.