MEC conhece Projeto de Literatura em Libras na Educação Infantil de Dourados e sinaliza “modelo nacional”

Délia agradece visita de representante do MEC e diz que Dourados está a disposição para contribuir com a educação – Foto: A. Frota

Prefeita Délia Razuk recebeu representante do MEC, Andre Reichert, nesta manhã, na Prefeitura de Dourados

Na manhã desta sexta-feira (02), a prefeita Délia Razuk recebeu o representante do MEC Ministério da Educação, Dr. Andre Reichert, consultor educacional de Educação Bilíngue, que veio a Dourados para conhecer o Projeto de Literatura em Libras na Educação Infantil.

Equipe de técnicos da educação, juntamente com o secretário de Educação Upiran Gonçalves, apresentou o projeto pioneiro do município ao consultor que sinalizou que o mesmo poderá servir como referência nacional e sinalizou também um encontro do Executivo douradense futuramente em Brasília para abordagem sobre Libras.

A ação é desenvolvida nas unidades educacionais do município, desde dezembro, e alcança mais de 3.500 crianças. São 50 minutos de aula semanal de Libras, com dinâmicas e ministrações específicas para as faixas etárias. Onze professores participam do projeto, sendo três surdos entre estes.

A prefeita Délia Razuk agradeceu a visita do Dr. Andre Reichert e destacou que a proposta acontece devido ao empenho dos profissionais da educação que trabalharam no primeiro currículo nacional apresentado para Libras na Educação Infantil.

“É um orgulho muito grande para nós, sermos pioneiros nesta atividade que vai além do alcance pedagógico e possui alcance social”, disse.

O representante do Ministério da Educação, Dr. Andre Reichert, iniciou seus apontamentos citando que gostou muito de conhecer Dourados e tem levado o trabalho desenvolvido com Libras na Educação Infantil aos debates da Educação Bilíngue no âmbito nacional.

“Nossa busca é melhorar a educação para os surdos e criar estratégias com os municípios e Estado neste sentido para que seja possível um trabalho conjunto”, disse.

A Prefeitura de Dourados recentemente direcionou para que o Projeto de Libras alcançasse também a educação do campo, o que inicialmente não havia sido possível.

Cláudia Noda, coordenadora do Núcleo de Educação Infantil, destacou que Dourados tem investido no processo de formação na primeira infância e o intuito é que o município se destaque nesta ação pedagógica e de inclusão, formatada no projeto de Libras. Ela enfatizou o intermédio da pesquisadora Shirley Vilhalva para que o Ministério da Educação acompanhasse a ação desenvolvida em Dourados.

O representante do Ministério da Educação, Dr. Andre Reichert frisou sobre a satisfação de acompanhar uma proposta que agregará a comunidade surda e a ouvinte, sendo que esta poderá se tornar um modelo nacional. Ele disse ainda que buscará agenda em Brasília, com a primeira dama Michele Bolsonaro, que atua com programas de Libras, para que o projeto de Dourados seja apresentado.

Délia agradeceu aos encaminhamentos de Reichert e disse que Dourados contribuirá com o que for possível para que a educação em libras se difunda no país.

Andre Reichert participaria nesta ainda sexta-feira (02), após a reunião com a prefeita Délia Razuk, de uma aula do projeto em eu unidade educacional e da audiência pública “Libras para Todos”, às 18h30, na Câmara Municipal de Dourados.