Mauricio sugere a cedência de praças, parques e canteiros ao setor privado – Foto: Thiago Morais

O vereador Mauricio Lemes (PSB) encaminhou indicação à administração municipal, sugerindo a criação de projeto de concessão de praças, parques e canteiros para serem exploradas pela iniciativa privada, pessoas físicas e associações, que se comprometeriam em realizar toda a manutenção da área verde, atualmente realizada pela Prefeitura de Dourados.

O vereador justifica o pedido, tendo em vista as dificuldades financeiras que o município tem enfrentado, desonerando o poder público da manutenção de muitas praças e parques que estão deterioradas, na maior parte pela ação de vândalos. “Muitos destes locais estão sendo destruídos por atos de vandalismo e que poderiam ser cedidos para empresários e pessoas físicas que já demonstraram interesse em explorar estes espaços”, afirmou.

Mauricio lembra que em gestões anteriores, alguns canteiros centrais foram adotados por empresários douradenses, como exemplo, na Rua Hayel Bon Faker, em frente em posto de combustível. “Ainda hoje tenho conversado com alguns comerciantes que tem interesse em cuidar destes locais, não somente os canteiros, mas também alguns parques e praças públicas, criando espaços de convivência, com a implantação de quiosques, entre outros projetos que poderiam ser amplamente discutidos com a sociedade”, enfatizou o vereador.

O documento foi encaminhado à prefeita Délia Razuk (PR), com cópias ao secretário municipais, Celso Schuch (Governo) e Fabiano Costa (Semsur).

Serviços

Em indicações a prefeita Délia e ao secretário municipal de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, o vereador Mauricio solicitou a roçada em frente ao Condomínio Itamaraty, localizado Rua Cláudio Goelzer, no Parque Alvorada. Também pede a de poda de árvores e troca de lâmpadas na Rua Nelson Santore, no cruzamento da Rua General Osório, no Jardim Itaipú.