Home Esportes Márcio Santos tem dúvida para montar meio e ataque do Sete

Márcio Santos tem dúvida para montar meio e ataque do Sete

Márcio tenta ajustar setor ofensivo do Sete para buscar vitórias – Foto: Franz Mendes

Time de Dourados precisa vencer três jogos para ainda sonhar com chance de classificação

A classificação do Sete de Dourados na Série D do Campeonato Brasileiro é uma possibilidade remota nesta virada de turno. Mas enquanto houver chance matemática, o time deve fazer o melhor que puder para buscar vitórias nos três jogos que restam e torcer por resultados favoráveis nos outros confrontos do Grupo A11. Pelo menos esse é o discurso do zagueiro e agora treinador, Márcio Santos, que ocupou o lugar de Bazílio Amaral.

Márcio comandou os treinos da semana e espera, já contra o Luziânia-DF, neste domingo, às 16h, no Estádio Douradão, um desempenho melhor que nas partidas anteriores. Em campo, o novo treinador promete mudanças, mas nada de inventar. Duas são certas, com as saídas do zagueiro Neto e do atacante Acosta após a derrota sofrida no último sábado.

Antes dos ajustes técnicos, Márcio disse que o primeiro passo foi trabalhar o psicológico dos jogadores. “O foco principal foi levantar o astral do grupo e mentalizar que enquanto temos a chance de fazer nove pontos a possibilidade de classificação existe”.

Sobre o time que entra em campo neste domingo, Márcio afirmou ter dúvida ainda sobre o sistema que vai utilizar, podendo reforçar a setor criativo do time com um meia ou se mantém um atacante a mais na frente. A definição apenas momentos antes da partida. “Realmente a dúvida é se entro com mais um meia ou se mantenho o ataque. Neste caso com Leandro Branco mais adiantado com Leandrinho. Ou mesmo definir entre Sadan e Mitú ou até mesmo o Tutinha”.

A definição deve sair no último treino, na manhã deste sábado. Os jogadores devem reforçar o trabalho em bolas paradas defensivas e ofensivas no CT do clube.

Sair da versão mobile