Mandiocas doadas pela Embrapa beneficiam 350 famílias carentes de Dourados

Ação solidária da Embrapa Agropecuária Oeste viabiliza doação de 2,5 toneladas de mandioca, através do CRAS, para famílias carentes de Dourados.

Doação de mandiocas in natura – Divulgação/Embrapa

Em tempos de pandemia, solidariedade é uma atitude que pode contribuir para melhorar a qualidade de vida de quem perdeu seu emprego ou sua fonte de renda, devida ao isolamento social. Para amenizar as dificuldades de quem está passando por uma temporada de dificuldades financeiras e precisando de alimentos, a Embrapa Agropecuária Oeste fez a doação de 2,5 toneladas de mandiocas in natura, beneficiando cerca de 350 famílias carentes de Dourados.

As mandiocas in natura foram entregues ao CRAS de Dourados. Essas doações foram feitas em duas etapas ao longo do mês de julho. No dia 1º de julho foi entregue uma tonelada, divididos em pacotes de 10 quilos cada. Ainda durante a segunda quinzena de julho foi enviada mais 1,5 tonelada de mandioca também empacotadas da mesma forma.

A Chefe Adjunta Administrativa da Embrapa Agropecuária Oeste, Erica Alves da Silva Bonin, explica que as mandiocas doadas são frutos de projetos de pesquisa e de transferência de tecnologia. Ela conta que a colheita foi organizada pelos empregados dos campos experimentais da Unidade, que contou com a participação de alguns empregados de outros setores que se voluntariaram para contribuir com essa ação social.

“Essa atividade envolveu muitas mãos de empregados da Unidade, desde a equipe envolvida no desenvolvimento dessa tecnologia, os responsáveis pelo plantio e manejo da mandioca, além de colheita, empacotamento e transporte”, disse Érica. Ela ressaltou ainda que é muito gratificante saber que, além de atender as demandas dos agricultores por meio da pesquisa, a Unidade contribui com seu papel social por meio dessas doações.

Doação – A Diretora de Proteção Social Básica do CRAS, da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura Municipal de Dourados, Keli Pretti, agradeceu a doação das mandiocas e informou que mais de 350 famílias carentes de Dourados, que vivem nos bairros mais vulneráveis de Dourados. “Essa ação solidária, por meio da parceria Embrapa e CRAS, está contribuindo para amenizar um pouco a angústia dessas famílias, nesse momento de pandemia”, acrescentou Keli.

”Ficamos muito felizes com essa doação da Embrapa, pois as parcerias são fundamentais. É por meio delas que podemos chegar na ponta, ou seja, atender as famílias que possuem mais necessidades. Todo o alimento que chega é muito bem aproveitado”, informou Keli.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui