Home Internacional Mais de 71 milhões de eleitores já votaram nos EUA

Mais de 71 milhões de eleitores já votaram nos EUA

Número representa mais da metade dos votos de 2016

Número de eleitores em 2020 é mais do que a metade dos eleitores em 2016 – Foto: EPA

A menos de uma semana para as eleições norte-americanas, mais de 71 milhões de eleitores já votaram nos Estados Unidos, informou o site US Elections Projects nesta quarta-feira (28). Mais precisamente, 71.063.593 já votaram até às 9h de hoje, sendo que 47.753.131 optaram pelo voto por correio e 23.310.462 foram presencialmente até os locais de votação.

O número aponta, conforme especialistas previam, para um recorde de afluência no país. Isso porque o dado representa mais da metade dos votos computados em 2016, quando foram 128.838.341 eleitores. Alguns analistas preveem cerca de 150 milhões de eleitores comparecendo às urnas, no maior número desde 1908.

Entre os estados que mais registram votos, estão a Califórnia (7.912.871), o Texas (7.803.590) e a Flórida (6.440.993).

Os votos por correios em 27 estados, segundo comunicado da própria agência postal USPS, precisaram ser enviados até esta terça-feira (27) para que sejam contabilizados em tempo hábil. Muitos deles não aceitam votos que cheguem após o dia da eleição, que neste ano será em 3 de novembro.

Um desses estados será o Wisconsin, onde a Suprema Corte dos EUA definiu por 5 votos a 3 que o prazo para a contagem não será ampliado. A máxima instância da justiça no país revogou, assim, uma medida de um tribunal estadual, que tinha liberado que os votos poderiam ser contados se fossem recebidos até seis dias após o pleito.

A decisão foi vista como uma vitória de Donald Trump que, repetidamente, lança dúvidas sobre o sistema de votação por correios de maneira universal. O mandatário, que já usou o voto por correio em diversos pleitos por não estar presente em seu estado de votação, questiona a lisura do sistema e prometeu entrar com recurso na Suprema Corte caso haja problemas na contabilização desses votos.

Segundo os dados do portal Real Clear Politics, que soma todas as pesquisas de intenção de votos do país e faz uma média, o democrata Joe Biden aparece com 7,1% de vantagem sobre Trump no âmbito nacional.

Já nos chamados estados-pêndulos, onde as eleições devem ser definidas, a vantagem do democrata é de 3,8% na média, sendo que a Flórida e Ohio são os dois onde o republicano venceria, com 0,4% e 0,6%, de vantagem respectivamente.

Da AnsaFlash

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile