Ocean Viking resgatou 104 pessoas há 12 dias na costa da Líbia – Foto: Ansa

O navio Ocean Viking, que pertence às ONGs SOS Mediterranée e Médicos Sem Fronteiras (MSF), atracou na manhã desta quarta-feira (30) no porto de Pozzallo, na região da Sicília, e iniciou o desembarque dos 104 migrantes a bordo há 12 dias. A autorização foi concedida ontem (29) pelo Ministério do Interior da Itália após o governo fechar um acordo com a França e Alemanha para distribuir 70 pessoas aos dois países. “O Ocean Viking atracou no porto de Pozzallo, na Itália. Após mais de 12 dias de incerteza no mar, 104 sobreviventes podem finalmente desembarcar em um local seguro”, escreveu a ONG SOS Mediterranée no Twitter.

Os migrantes, entre eles 41 menores e duas grávidas, foram retirados de uma bote inflável, no último dia 18 de outubro, a 80 quilômetros da costa da Líbia. Dois dias depois, o navio fez um apelo para obter autorização para desembarcar em um porto seguro.

Após pisar no território italiano, pelo menos quatro pessoas foram levadas ao hospital. O grupo foi recebido por médicos e voluntários da Cruz Vermelha Italiana, além de representantes da Proteção Civil e do Alto Comissariado para Refugiados (Acnur).

Da AnsaFlash