A obra foi paralisada e iniciada por diversas vezes – Foto: Assessoria

O vereador Madson Valente (DEM) está questionando as razões da paralisação da obra de reforma do Centro Social do distrito de Indápolis. A reforma do prédio foi suspensa por diversas vezes, tendo ocorrido novamente por parte da Prefeitura Municipal.

Por sucessivas vezes os moradores do distrito cobraram o vereador para que se tome providências com relação a esta reforma. Após visitas ao local e inúmeros requerimentos encaminhados, a obra foi reiniciada, entretanto, segundo Madson, foi paralisada pouco tempo depois.

“Venho procurando colaborar com este distrito, porém, infelizmente, já identifiquei que esta obra está sendo executada no improviso, não há projeto, não há licitação, muito menos recursos empenhados. Considero uma absoluta falta de respeito com esta comunidade. Por isso estarei encaminhando um requerimento para que todas as etapas para execução de uma obra sejam cumpridas, caso contrário este descaso permanecerá. Enquanto vereador, estarei cobrando para que esta situação seja regularizada”, esclareceu Madson.

O vereador defende que o distrito de Indápolis tenha o Centro Social reformado de forma idêntica ao do distrito de Vila Vargas, inclusive com climatização das salas e uma brinquedoteca para as crianças.

“Este Centro Social abrigava o destacamento de polícia, posto dos Correios, Cartório e havia um salão para utilização múltipla, tais como festas e velórios. Hoje esta comunidade está penalizada, não podemos deixar de questionar”, ressaltou o vereador Madson Valente.