Zé Rafael atuou mais centralizado contra o Oeste – Foto: Divulgação/Cesar Greco

Titulares na golada do Palmeiras sobre o Oeste na última quarta-feira, Zé Rafael e Willian foram avaliados por Vanderlei Luxemburgo em entrevista coletiva. Ambos os atletas buscam se firmar na equipe e têm recebido oportunidades do treinador do Verdão.

O volante Ramires, que sofreu com problemas físicos em 2019, vem sendo elogiado por suas primeiras partidas na temporada. Ao comentar sobre o jogador, Luxa destaca a importância de ter uma sequência de jogos.

“Não tenho nenhuma dúvida de que o Ramires ainda tem muita lenha para queimar. Tem jogador que é de treino, tem jogador que é de jogo. Ele é de jogo. Deixei ele jogar mais tempo, para gastar um pouquinho mais, para ele sofrer um pouquinho mais. Agora a gente vai botar ele numa banheira fria, no freezer, vai ficar até sexta-feira descansando”, disse o treinador.

Zé Rafael, por sua vez, foi deslocado da posição que costuma atuar. Ao invés de ser escalado na ponta-esquerda, o camisa 8 atuou mais centralizado.

“O Zé Rafael, já conhecia desde o tempo do Bahia, sempre foi muito de lado de campo. Jogador de lado, além da qualidade, tem que ter velocidade. Ele não é velocista. Trazer para dentro do campo é para ele ter essa pegada que ele tem, ele rouba muita bola, e ter um início muito bom. Quando eu quiser três jogadores com a mesma característica, não tem problema nenhum, porque eles sabem jogar e trocam de posição entre si”, explicou Luxemburgo.

Após o triunfo de quarta-feira, o Palmeiras passa a se preparar para o confronto com o Red Bull Bragantino, que ocorre no próximo domingo, no Estádio Nabi Abi Chedid.

Da Gazeta Esportiva

Assembleia_Mais ALEMS